Moraes diz que está disponível para estrear pelo Corinthians e deixa decisão nas mãos do treinador
Lance!
Moraes diz que está disponível para estrear pelo Corinthians e deixa decisão nas mãos do treinador


Anunciado, registrado, inscrito, apresentado e pronto para jogar. O atacante Júnior Moraes concedeu a sua primeira entrevista coletiva como jogador do Corinthians nesta terça-feira (22), no CT Joaquim Grava, e deixou claro que está à disposição do treinador Vítor Pereira para o duelo contra o Guarani, nesta quinta-feira (24), às 19h, pelo jogo único das quartas de final do Campeonato Paulista , na Neo Química Arena, em Itaquera.

Junior Moraes foi apresentado dois dias antes da possível estreia (Foto: Rodrigo Coca/Ag.Corinthians)

Existia uma temor quanto as condições físicas do atacante por alguns motivos: o primeiro, é que ele não joga há três meses; segundo, porque passou recentemente por uma lesão no joelho, sofrida em abril do ano passado e que deixou o atleta afastado até de dezembro; e a terceira é a idade, já que Júnior completará 35 anos no próximo mês.

> TABELA - Confira os próximos jogos do Paulistão
> GALERIA - Veja o retrospecto do Timão desde o novo formato do Paulista


Mesmo assim, Moraes tem treinado normalmente com o grupo corintiano desde o dia 6 de março, data do anúncio oficial da contratação, e só não estreou ainda porque aguardava a passagem do Timão para a fase mata-mata do Estadual, para que houvesse substituição na lista de inscritos.

- Fiquei parado quase três semanas sem treino. Lógico que preciso melhorar bastante. Mas os dias que tenho treinado aqui, sinto evolução. Tô inscrito e à disposição do Mister. Decisão de estrar na quinta, jogar ou não, vai depender do Mister. Mas a vontade de estar em campo e poder jogar é enorme – disse o novo camisa 18 do Timão.

No ano passado, Júnior Moraes passou um tempo no Corinthians, quando o clube abriu as portas para que o jogador se recuperasse da lesão no joelho sofrida no primeiro semestre de 2021. E que o tempo que passou nas dependências do Timão foi fundamental para a escolha de vestir a camisa corintiana agora.

- Eu tenho bastante amigos corintianos, alguns que joguei, que falam muito do clube. Nos últimos dias eu pude conviver aqui por conta da lesão que tive e tratei aqui. E é muito legal ver a atmosfera que tem nesse clube. Todos os dias que vim treinar aqui, passando por momentos difíceis, desde o segurança, pessoal da cozinha, até os jogadores, todos me trataram muito bem. Fica o carinho e a amizade aqui dentro. E quando tive a oportunidade de jogar aqui não pensei duas vezes, por conta do período que estive aqui – afirmou Moraes.

Mesmo tendo sido revelado no Santos, rival direto do Corinthians, Moraes deixou claro que a sua prioridade no retorno sempre foi o Alvinegro Paulista. O atleta chegou a ser sondado pelo Peixe, após voltar da Ucrânia, refugiado do conflito entre o país e a Rússia, que iniciou no último dia 24 de fevereiro, mas optou em defender o Timão.

- Foi tudo muito rápido. Quando eu cheguei aqui no Brasil fiquei um pouco com a família, desliguei o telefone, fiquei um três dias offs, precisava disso porque o que eu passei foi muito difícil. E no primeiro dia que eu pensei no futuro, veio a possibilidade de jogar no Corinthians. Por tudo o que eu passei na fase de recuperação e o carinho que criei após esse tempo tratando, amizade e com todo mundo – afirmou Júnior.

Como tem contrato com o Shakhtar Donestsk até junho, Moraes utilizou da permissão que os jogadores que pertence a times russos e ucranianos possuem de firmar contratos provisórios até a abertura da nova janela de transferências internacionais, que é no dia 1º de julho. Como a data coincidiria com o primeiro dia do jogador livre de contrato, o acerto com o Timão foi direto até o fim de 2023.

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários