Decisão da Justiça de Alagoas suspende eleição da CBF prevista para esta quarta-feira
Lance!
Decisão da Justiça de Alagoas suspende eleição da CBF prevista para esta quarta-feira


A eleição da CBF prevista para esta quarta-feira (23) foi suspensa pela 1ª Vara Cível da Justiça de Alagoas. A decisão atendeu ao processo movido por Gustavo Feijó, um dos vice-presidentes da entidade. O dirigente faz oposição ao atual presidente interino Ednaldo Rodrigues, que seria candidato único do pleito. A informação é do UOL.

Caso haja descumprimento, a CBF teria que pagar multa diária de R$ 50 mil. A entidade foi informada da decisão no início da noite desta terça-feira.

No pedido, Feijó, argumenta que foi retirado do cargo com antecedência e a assembleia para definir as regras eleitorais não aconteceu conforme previa a lei. A asssembleia transcorreu com participação de clubes da Série A e de federações estaduais para definir os pesos dos votos de clubes e entidades regionais.

Gustavo Feijó afirma que não houve participações de clubes da Série B e de equipes de futebol feminino. A Lei Pelé estabelece que as assembleias da CBF tenham participações de times das Séries A e B, mas não especifica o gênero. O dirigente usou sem sucesso esta argumentação na comissão eleitoral na comissão eleitoral da CBF, mas seu pedido foi negado. O TJ-RJ também não teve sucesso.

Político de Alagoas, Gustavo Feijó presidiu a federação local e ocupava um dos cargos de vice da entidade. Ele entrou com a ação alegando ser seu domicílio e obteve a liminar concedida dada pelo juiz Henrique Gomes Barros Teixeira. Há possibilidade da CBF entrar com recurso pata tentar cassar a liminar. A eleição estava inicialmente marcada para 10h30 de amanhã, podendo até começar 11h30, em segunda convocação.

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários