Após lesão, Santos descarta volta de Alison e vai cobrar Al Hazem na Fifa
LANCE/DIÁRIO DO PEIXE
Após lesão, Santos descarta volta de Alison e vai cobrar Al Hazem na Fifa


Não será dessa vez que o volante e ex-capitão santista Alison irá retornar ao Santos. Em seu jogo de despedia pelo Al-Hazem, na sexta-feira (18), o jogador lesionou o joelho ainda no primeiro tempo do duelo contra o Al Ittihad e foi diagnosticado com uma lesão no ligamento cruzado anterior.

Em reunião com o Conselho Deliberativo do Santos nesta segunda-feira, o presidente Andres Rueda confirmou que as negociações estão encerradas e que o clube vai acionar à FIFA pela dívida.

- Obviamente não vem. Terá um tempo de recuperação um pouco grande. Não era jogador do Santos (quando se lesionou). Nós sentimos muito, mas ele continuará no clube (Al-Hazem) e nós iremos manter nossa ação pelo transfer ban - disse Rueda.

O capitão santista foi vendido por US$ 800 mil (cerca de R$ 4 milhões na época). Até então, o clube só recebeu uma das parcelas. Para evitar uma briga judicial e com a necessidade de um volante, a diretoria santista encontrou essa saída como solução. Com a lesão, o clube voltou atrás.

O volante chegou ao Santos em 2005, com apenas 11 anos. Após passar por todas as categorias de base, o atleta precisou mostrar, logo em sua estreia como profissional, em 2011, que sua carreira seria feita por superações no clube. Ao todo, Alison atuou em 265 jogos e anotou quatro gols com a camisa do Santos.

No período, o jogador esteve presente no elenco santista nos títulos do Paulistão em 2015 e 2016. Após altos e baixos, sendo emprestado ao Red Bull Brasil e superando outras lesões, o camisa 5 se firmou como titular absoluto e capitão da equipe na última temporada, chegando até a final da Libertadores.

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários