Abel diz que decisão sobre seguir no comando do Palmeiras está tomada, mas vai contar primeiro a elenco
Lance!
Abel diz que decisão sobre seguir no comando do Palmeiras está tomada, mas vai contar primeiro a elenco


O técnico do Palmeiras , Abel Ferreira, disse na noite de segunda-feira (20) em entrevista à TV Cultura que já se decidiu sobre a proposta de renovação de contrato por três anos feita pelo clube. O comandante português, contudo, afirmou que fará o anúncio de sua permanência ou não primeiramente aos jogadores alviverdes, a quem chamou 'de sua família no Brasil'.


- Estou no Brasil sem minha família, sozinho. A minha família aqui são meus jogadores e eles vão ser os primeiros a saber da minha decisão. É verdade que tenho uma proposta do Palmeiras para renovar. Tive uma conversa com a Leila (Pereira, presidente) na sexta-feira (18). Qualquer que seja a minha decisão, os primeiros a saber serão meus jogadores. (O anúncio) vem em breve, há de fato uma proposta oficial, houve uma única. Uma conversa muito sincera, direta e frontal com a Leila. Mas as primeiras pessoas a saber serão os jogadores. Devo tudo a eles. Agradeço tudo que eles têm dado e feito por mim. Compartilharei com eles a minha decisão. Ela está tomada, mas vou dizer primeiro a eles.

Dono de quatro títulos pelo Verdão - duas Libertadores (2020 e 2021), uma Copa do Brasil (2020) e uma Recopa Sul-Americana (2022) -, Abel tem vínculo com o clube até o final do ano. Conforme o LANCE! revelou, a proposta para a renovação alçaria o salário dele a um patamar europeu. Tudo para coroar uma identificação que ele afirma já ter com o clube.

– Por isso que falo dessa identificação com o Palmeiras. Não sou palmeirense desde pequeno. Quando cheguei aqui tudo se encaixou, os valores do clube, os princípios do clube, os torcedores que pintam o muro também preciso deles. Faz parte. Essa identificação é sentida por isso, há outros valores. Mas saber sobre futebol é muito mais do que vocês veem dentro das quatro linhas.

Um dos pontos do acordo oferecido pelo Verdão envolve as famílias do treinador e de seus auxiliares. O clube se compromete a fornecer toda a estrutura necessária para que se mudem ao país. E Abel apontou que se aceitar o prolongamento do vínculo, vai ter de trazer a mulher e as duas filhas ao Brasil.

– Isso é impossível (ficar mais dois ou três anos sem a família). Ou eu vou ou eles vêm... O Palmeiras quer muito, e gosto muito do Palmeiras. Falei com a minha esposa e disse: "Só fico se tu vieres, senão não fico".

Sobre a oferta do Benfica, que pretende ter Abel na próxima temporada europeia, o treinador destacou que sua decisão não envolve apenas a ambição de trabalhar de novo no futebol europeu.

– Vocês tem que entender, eu ando por convicção e não por nome de clube. A, B ou C. Uma coisa que quero, um clube que lute por títulos e o Palmeiras luta por títulos. Eu quero estar num clube que me queira tanto como eu quero o clube. Tenho de sentir quanto me quer e acreditam em mim. Claro que tu quer ser reconhecido, há um prestígio, um valor... O futebol brasileiro tem um potencial tremendo para ser muito melhor e vou fazer o que puder para ajudar.

TABELA
> Veja classificação e simulador do Paulistão-2022 clicando aqui

> Conheça o aplicativo de resultados do LANCE!

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários