Werneck: 'Pep Guardiola e a busca por um centroavante 'de verdade'
José Inácio Werneck
Werneck: 'Pep Guardiola e a busca por um centroavante 'de verdade'


Centroavantes de verdade, conheci muitos em minha vida.

Ademir Menezes, o "Queixada". Baltazar, o "Cabecinha de Ouro". Vavá, o "Leão da Copa", em 1958 e 1962.

Dario, "Dadá Maravilha", pivô da demissão de João Saldanha em 1970, quando a posição ficou mesmo com Tostão, a própria definição de um "falso nove".

Roberto "Dinamite". Romário, com apenas 1,68m generosamente medidos mas o completo DNA de um verdadeiro centroavante e jogava com "a onze" porque Roberto tinha que ser "a nove".


Ronaldo Fenômeno. Adriano, o "Imperador".

Durante muito tempo a imprensa internacional vem insistindo em dizer que Pep Guardiola , meio-campista por excelência em seus tempos de jogador do Barcelona, resolveu acabar com a necessidade de um centroavante "de verdade".

Ele tornou-se, como técnico, o grande estrategista do "falso nove" e seu time, o Manchester City , começou a se destacar também por algumas escolhas curiosas.

Um ponta-direita (Ryiad Mahrez) que é canhoto. Um ponta-esquerda (Jack Grealish), que é destro. Um lateral-esquerdo (João Cancelo) que é destro. Um falso centroavante (Phil Foden) que é canhoto, sem falar que o goleiro, Ederson, mestre em sair jogando com o pé, é também canhoto. Alem de outro canhoto, Bernardo Silva, no meio de campo.

Gabriel Jesus , que é centroavante de verdade, quando muito entra no time esporadicamente e, mesmo assim, pelas beirinhas.

Gabriel Jesus - City x PSG

Gabriel jesus é constantemente elogiado por Guardiola no Manchester City (Foto: Oli SCARFF / AFP)


Mas agora, enfim, Pep Guardiola quer um centroavante de verdade, talvez com saudades de Sergio Agüero.

Para consegui-lo, já disse aos xeques de Abu Dhabi que preparem os cheques.

A operação, em seu glorioso total, não vai sair por menos de 350 milhões de euros, dos quais uma imensa parte vai para os bolsos do agente Mino Raiola, mas dinheiro não é problema. O único problema é que o coração do norueguês Erling Haaland, o objeto do afeto de Guardiola , hesita entre o Manchester City e o Real Madrid.

Haaland tem 1,93m, com 88 quilos. Da última vez que consultei as estatísticas, 80 gols em 80 jogos pelo Borussia Dortmund. além de um também considerável número de assistências, 20 gols em 20 jogos pelo Molde, 29 em 27 jogos pelo Salzburg e 12 em 15 pela Seleção da Noruega.

Se há alguém que nasceu para ser um centroavante de verdade, um centroavante mesmo, seu nome é Erling Haaland.

Com ele no time, Pep Guardiola está disposto a esquecer todas as contorções táticas necessárias para jogar com um "falso nove".

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários