O que o Flamengo precisa focar para engrenar com Paulo Sousa e conquistar o inédito tetra do Carioca
Lazlo Dalfovo
O que o Flamengo precisa focar para engrenar com Paulo Sousa e conquistar o inédito tetra do Carioca


Classificado à final do Carioca, o Flamengo terá bastante tempo para estudar os potenciais rivais, Fluminense ou Botafogo, e ajustar a engrenagem para conquistar o que seria o inédito tetracampeonato do Carioca. O elenco só se reapresenta nesta quarta-feira para iniciar a preparação, aliás.



Contra o Vasco, o Flamengo adotou uma proposta mais reativa para os minutos iniciais, porém sofreu com um meio exposto, pouco combativo e construtivo, emperrando as ações do time diante de um time limitado como o do Vasco, mas que, desta vez, teve um plano de ataque, diferente de quarta passada.

O Fla deve ter seis sessões de treinamento até o primeiro jogo da decisão. Até lá, Paulo Sousa tende a contar com a volta de Bruno Henrique, baixa no jogo de ontem por conta de uma lesão no ombro . O camisa 27 vive um início de temporada com menos participações diretas em gol pelo clube (um gol em seis jogos) e, certamente, retornará com "fome" para voltar a ser decisivo no período mais adequado para tal.

Outro foco a ser priorizado será a recuperação física e até mental dos atletas. O próprio Paulo Sousa detalhou, em entrevista coletiva, este e demais pontos essenciais para que o time engrene em suas mãos.

- Vamos aproveitar para recuperar alguns jogadores, algumas contraturas musculares. Agradeço aos recursos humanos que encontramos no Flamengo. Nosso departamento médico, sua qualidade e disponibilidade. Não é só um trabalho no campo. Recuperar fisicamente e mentalmente. Existe também o cansaço mental pela complexidade do que pedimos. Vamos continuar a trabalhar muito, porque queremos mandar nos jogos. Temos que estar preparados. É diferente ter um Everton ou um Gabi entre as linhas, por exemplo. Também faremos muitos trabalhos de finalização para sermos mais eficazes. Trabalhar a linha ofensiva. Os nossos volantes cresceram muito... encurtamento de distância, antecipações. Algo que vamos continuar a trabalhar - comentou Paulo, em entrevista coletiva após a vaga na final.

Arão também citou um outro fator que pode ser importante para que o time encorpe e seja mais imponente nos duelos: aproveitar o volume maior de jogo, o que ocorre na maioria das partidas, e finalizar fora da área.

- Temos que focar no nosso time, acima de tudo. Melhorar, de alguma forma, seja com ou sem a bola. Talvez chutar mais de fora da área, um exemplo só. Mas focar mais nosso time e fazer alguns ajustes para determinadas equipes, depois fica mais fácil. O Paulo, claro, está vendo como melhorar para que possamos crescer como equipe - salientou o camisa 5.

SORTEIO E REFORÇOS NO HORIZONTE

Até a final, vale lembrar que o Flamengo verá o sorteio da fase de grupos da Libertadores, a ocorrer no dia 25 ( confira os potes ). E o clube seguirá a sua busca por reforços, visando o início do Brasileiro e do torneio continental, sendo que as prioridades são: goleiro, meio-campista (um jogador que tenha capacidade de jogar área à área) e um ponta, de preferência que atue pelo lado esquerdo do ataque (veja mais aqui ).

> Veja a tabela do Cariocão

Conforme Arão sublinhou, Paulo Sousa é adepto a escolhas, sejam táticas ou de nomes, de acordo com os adversários. E tempo para aplicar correções e bolar estratégias em cima dos rivais terá de sobra até as finais.

Em tempo: a Ferj ainda não confirmou as datas das finais do Cariocão, mas, sem vantagem para um dos lados, elas estão previstas para ocorrer nos dias 30 ou 31 de março (provável que 30) e 2 ou 3 de abril (provável que 3).

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários