Já em ritmo de despedida no Palmeiras, Deyverson é monitorado por Grêmio e Vasco
Rafael Ribeiro
Já em ritmo de despedida no Palmeiras, Deyverson é monitorado por Grêmio e Vasco


De saída do Palmeiras , cujo vínculo contratual acaba em junho e não será renovado, o atacante Deyverson, heroi da conquista do bi consecutivo da Copa Libertadores, deverá mesmo ser apresentado como reforço para um clube da Série B. Após ser especulado no Vasco , agora é o Grêmio quem monitora o jogador e esboça a realização de uma proposta para contar com seu futebol nesta temporada.


O LANCE! apurou que o estafe do camisa 16 foi procurado pelo Tricolor gaúcho e valores da negociação já estariam sendo discutidos.

O Verdão já avisou Deyverson que não criará entraves para que ele seja liberado antes mesmo da data final do seu contrato.

O L! revelou em fevereiro que representantes do jogador já procuravam um novo clube para ele atuar, após o Alviverde comunicar oficialmente que não renovaria o contrato.

Na ocasião, além de sondagens de equipes da China e do Oriente Médio, Deyverson despertou interesse em Vasco e Santos.

Com o Peixe, as tratativas foram encerradas de imediato, por falta de vontade do atleta em defender um rival do Palmeiras.

Com o cruz-maltino, a coisa foi diferente. Revelado em São Januário e vascaíno de coração, Deyverson prometeu olhar com atenção a proposta e, segundo apurado à época, toparia até mesmo reduzir seu salário.

Mas, desde então, o assunto não havia prosperado. Isso até o último domingo (20), quando acionistas da 777 Partners, provável compradora da SAF cruz-maltina, estiveram no Maracanã acompanhando a derrota do Vasco para o Flamengo pela semifinal do Campeonato Carioca e o nome do camisa 16 alviverde voltou à pauta.

Mesmo com Diego Souza titular da equipe gremista, a diretoria gremista entende que precisa de mais opções para a Série B, já que o outro nome do ataque, Diego Churín, está a mais de 300 dias sem marcar com a camisa tricolor.

Deyverson pode ter abreviado sua passagem no Verdão no domingo (20). O atacante acabou expulso logo depois de marcar o gol de empate palmeirense ante o Bragantino em 1 a 1, pelo Paulista. Na súmula o árbitro Flavio Rodrigues de Souza relatou ter se sentido 'desrespeitado e constrangido' durante o jogo.

Exatos dois minutos depois de marcar o gol de empate do Verdão, de pênalti, Deyverson fez uma boba falta de ataque para interromper um contra-ataque rival. Ia levar cartão amarelo, mas acabou expulso por, segundo o juiz, dizer que 'não foi falta porra nenhuma.'

O fato tornou o camisa 16 assunto do final de semana. No sábado (19), o atacante fez uma postagem com uma foto sua e ainda apontou que 'falta pouco' para sua despedida como jogador do Alviverde. Seu contrato acaba no final de junho e não será renovado.

Desta vez o atacante foi novamente às redes sociais. Em uma postagem sobre o jogo, pediu desculpas públicas à torcida do Verdão pela expulsão.

- Infelizmente, o final não foi do jeito que eu queria, mas às vezes a vontade de vencer fala mais alto que a razão. Mesmo assim, estou feliz por marcar mais um gol pelo Verdão… A sensação é indescritível, não sei se choro ou se sorrio, só estou extremamente emocionado porque, a cada dia que passa, eu sei que chega o momento de dizer “até logo” e meu coração fica cada vez mais apertado. Tenho muito orgulho de vestir essa camisa. Obrigado por tudo, Palmeiras.

Nos vestiários após o jogo, o técnico Abel Ferreira também comentou o ocorrido e ressaltou que Deyverson ter problemas em manter 'o seu controle mental.'

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários