Com mais dificuldades para decidir e pressionado, Neymar tem início devagar e dois gols em ano de Copa
Lance!
Com mais dificuldades para decidir e pressionado, Neymar tem início devagar e dois gols em ano de Copa


Na dolorosa derrota do PSG para o Monaco por 3 a 0 pelo Campeonato Francês, Neymar, em mais uma oportunidade, decepcionou. Com apenas duas finalizações no jogo, um cartão amarelo sofrido e substituído antes do apito final, o craque vem demonstrando dificuldades em decidir.

RECUPERADO DE LESÃO
O camisa 10 do Paris Saint-Germain e Seleção Brasileira iniciou o ano longe dos gramados, se recuperando de uma lesão no tornozelo sofrida no fim de novembro. Em seu primeiro jogo, o craque participou apenas de 17 minutos no confronto contra o Real Madrid pelo duelo de ida das oitavas de final da Champions League.

> Veja a tabela da Ligue 1

De lá para cá, Neymar disputou sete partidas, somando Liga dos Campeões e Campeonato Francês. Nesse período, a equipe de Mauricio Pochettino venceu apenas três partidas, enquanto saiu de campo derrotada em quatro oportunidades. E ainda acumulou uma eliminação precoce na principal competição da Europa.

Somando todos os jogos disputados, o maior nome da Seleção Brasileira anotou apenas dois gols e contribuiu com duas assistências. Além disso, o craque não consegue se livrar dos cartões amarelos e já sofreu duas advertências desde que retornou ao futebol.

MURO DAS LAMENTAÇÕES
​Sem viver seu melhor momento nos gramados de futebol, Neymar tem se lamentado nas redes sociais por conta das duras derrotas sofridas pelo Paris Saint-Germain no primeiro trimestre do ano. Após a eliminação na Champions League, o craque afirmou que o revés para o Real Madrid por 3 a 1 foi um dos mais doídos de toda a sua carreira.

Já no último domingo, após a derrota para o Monaco, o camisa 10 afirmou que "na vida teremos que passar por momentos difíceis", mas confia em sua fé para seguir em frente. E pelo Paris Saint-Germain, o camisa 10 volta a atuar apenas em abril, contra o Lorient.

FUTURO INCERTO
​No próximo dia 24, Neymar irá voltar a vestir a camisa da Seleção Brasileira e terá a chance de mostrar que o Brasil ainda pode confiar em sua principal estrela para a Copa do Mundo. O atleta não participou dos últimos três jogos das Eliminatórias da Copa do Mundo, mas tem a chance de esbanjar um bom futebol diante de Chile e Bolívia.

Apesar da oportunidade de esquecer o PSG por alguns dias, o craque segue com o futuro incerto. Embora tenha renovado seu contrato até 2025, o jogador vem sendo apontado na França como um dos nomes que poderia deixar o clube na próxima temporada.

Após cinco anos no Paris Saint-Germain, o atleta não conseguiu ultrapassar a marca dos 31 jogos realizados (marca alcançada apenas em 2020/2021) por temporada. Caso Neymar não perca mais nenhum jogo da Ligue 1 em 2022, o craque conseguirá chegar a 30 partidas disputadas na atual campanha.

O camisa 10 não consegue ser decisivo e desempenhar o papel que o PSG esperava dele assim que foi contratado. O sonho de se tornar o melhor jogador do mundo é cada vez mais utópico, mas ainda há tempo de se recuperar e buscar o sonhado hexacampeonato mundial para o Brasil.

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários