Botafogo atende exigências do Palmeiras e Patrick de Paula pode ser anunciado já neste domingo
Rafael Ribeiro
Botafogo atende exigências do Palmeiras e Patrick de Paula pode ser anunciado já neste domingo


O Botafogo formalizou na tarde deste sábado (19) uma proposta oficial ao Palmeiras para a compra de Patrick de Paula. A oferta, segundo o LANCE! apurou, atende todas as exigências feitas pelos paulistas em reunião na última sexta-feira (18). Com isso, o volante pode ser anunciado pelo Glorioso já neste domingo (20), já que teria aceitado o contrato oferecido e só depende dos exames médicos para ratificar a transferência.


O L! apurou que os cariocas aumentaram a oferta de acordo com o pedido pelo Palmeiras: 6 milhões de euros (cerca de R$ 33,3 milhões) por 50% dos direitos federativos do camisa 5 alviverde.

Aditivos contratuais também foram modificados. Caso Patrick de Paula seja negociado com o Crystal Palace, clube inglês que também pertence a John Textor, acionista do Fogão, o Verdão ganha mais 4 milhões de euros (cerca de R$ 22,25 mi). Para outros mercados, o valor a ser recebido pelos paulistas será de 3,5 milhões (aproximadamente R$ 19,4 mi).

Na parte burocrática, o Palmeiras espera valorização do jogador para lucrar em venda futura, e buscou amarrar exatamente essas questões no contrato.

À reportagem, pessoas ligadas à gestão Leila Pereira informaram que o Palmeiras já deu o sim ao Glorioso para o negócio.

Assim como no clássico contra o Corinthians, Patrick de Paula foi cortado dos relacionados para o duelo com o RB Bragantino pelo Campeonato Paulista, este domingo (20), às 16h (de Brasília), fora de casa. O jogador, contudo, continua treinando normalmente com o grupo.

Patrick de Paula tem contrato com o Palmeiras até o fim de 2025 e multa rescisória de 100 milhões de euros para clubes do exterior.

O L! apurou que o interesse alvinegro foi declarado após o jogador de 22 anos ser colocado em uma lista de jogadores negociáveis que seriam cedidos ao rival Flamengo no sonho para contratar o centroavante Pedro. Com o rótulo de negociável dado pela diretoria Verdão, representantes do clube carioca buscaram o diretor de futebol Anderson Barros, que tem trânsito na equipe, para tentar a contratação.

A saída do volante era esperada. De volta aos treinos na segunda-feira (15) após se recuperar de uma entorse no tornozelo esquerdo, o camisa 5 caiu em desgraça, ficando de fora da lista de inscritos do Mundial de Clubes e da Recopa Sul-Americana.

O negócio proposto pelo Glorioso atende às expectativas da gestão Leila, afinal o Palmeiras continuaria com uma porcentagem do jogador e ganharia em caso de uma futura negociação. Patrick renovou contrato até 2025 no início deste ano e está avaliado em cerca de 16 milhões de euros (cerca de R$ 90 milhões), segundo sites especializados.

Ao todo, Patrick tem 103 jogos pelo Alviverde e nove gols marcados desde que foi promovido das categorias de base por Vanderlei Luxemburgo, em 2020. O protagonismo com o antigo treinador, contudo, acabou com a chegada de Abel Ferreira. O português sempre enfatizou que via falta de empenho não só em seu camisa 5, mas também em Gabriel Menino, promovido da base junto com ele e que chegou a ser convocado para a Seleção Brasileira.

Durante a pandemia e as regras sanitárias de isolamento, Patrick chegou a ser flagrado por torcedores em uma casa noturna, sendo afastado do plantel principal por cerca de um mês.

Na volta, o camisa 5 chegou a ter boas atuações na Copa Libertadores, mas neste ano novamente Abel deixou claro sua opinião sobre o comprometimento de alguns atletas do elenco. Acabou não inscrito para as disputas do Mundial de Clubes e Recopa Sul-Americana.

Além de Patrick de Paula, o Botafogo já confirmou as contratações do zagueiro Philipe Sampaio (estava no Guingamp-FRA), o meia Lucas Piazon (Braga-POR) e o lateral direito Saravia (rescindiu recentemente com o Porto-POR).

Há ainda propostas para as compras do atacante Victor Sá, do Al Jazira, dos Emirados Árabes Unidos, e do volante Oyama, do Mirassol, o meia Vitinho, do Dínamo de Kiev, da Ucrânia, e do lateral-esquerdo Fernando Marçal, do Wolverhampton, da Inglaterra.

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários