Róger Guedes reconhece que Júnior Moraes é 'muito mais centroavante' e declara: 'Me sinto mais à vontade na ponta'
Rafael Marson
Róger Guedes reconhece que Júnior Moraes é 'muito mais centroavante' e declara: 'Me sinto mais à vontade na ponta'


Róger Guedes novamente aplicou a 'lei do ex' no Palmeiras, mas não conseguiu evitar a derrota do Corinthians no Dérbi válido pela sexta rodada do Paulistão . Ao falar sobre as críticas que vem recebendo, o camisa 9 declarou aonde prefere jogar, e fez elogios ao novo centroavante do Timão, Júnior Moraes.

> GALERIA - Gil faz pênalti e vira vilão na derrota do Timão no Dérbi; veja notas

- Quando não faço gol, sou o pior em campo, quando faço, sou o melhor. É normal, cobrança da torcida, imprensa também acaba falando um pouco de gol toda hora. Mas isso não me chateia. Lógico que ele (Júnior Moraes) vai nos ajudar, ele é muito mais um centroavante do que eu. É uma posição que gosto de jogar, pelo contrário do que muitos falam, mas eu me sinto mais à vontade na ponta ou como segundo atacante - declarou.

O camisa 9 explicou que não fez nenhuma provocação no momento em que converteu o pênalti, e disse não guardar rancor do ex-time.

- Weverton achou que eu tinha zoado a torcida, a torcida viu que não fiz nada. Agradeci a Deus. Não provoquei, tenho carinho pelo Palmeiras, fui campeão aqui. Não teve nada disso. Começamos um pouco desligados a partida, não conseguimos colocar em pratica o que fizemos conta a Ponte Preta. Clássico é detalhe. Ganhamos ano passado nos detalhes, hoje eles foram felizes na vitória. Agora é levantar a cabeça - comentou.

> TABELA - Falta pouco! Simule os últimos jogos do Corinthians no Paulistão

Com a derrota no Dérbi, o time do Parque São Jorge encerra a fase de grupos do Paulistão sem vitórias em clássicos. Róger Guedes entende que haverá maior pressão, mas ponderou que é preciso dar mais tempo para Vítor Pereira desenvolver suas ideias.

- Nosso maior rival é o Palmeiras, é uma grande equipe, perdemos todos os clássicos. É uma pressão a mais, time começando agora, novo treinador. Tem que ter tempo de trabalho. Tem muitos jogos, vai melhorar muito - concluiu Róger Guedes.

Agora, o Corinthians se prepara o duelo de domingo (20), contra o já rebaixado Novorizontino, fora de casa, às 16h, pela rodada final do Paulistão.

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários