No Grêmio, Diego Churín será reintegrado após cumprir punição
Futebol Latino
No Grêmio, Diego Churín será reintegrado após cumprir punição


Passaram-se os 15 dias determinados pelo Grêmio em relação a suspensão do atacante Diego Churín, envolvido em um polêmico caso de infidelidade no hotel da equipe após a eliminação na Copa do Brasil quando perdeu por 3 a 2 para o Mirassol.

>Aplicativo de resultados do LANCE! está disponível na versão iOS

A tendência é que não haja qualquer tipo de afastamento posterior a pena já aplicada pela equipe, estando o atleta apto a retornar normalmente as atividades do técnico Roger Machado na tarde desta quinta-feira (17). Podendo, assim, se tornar mais uma opção válida para os relacionados visando o confronto de ida na semifinal do Gauchão em visita ao Internacional, no Beira-Rio.

Para manter ao menos o condicionamento no período de punição, Churín fez treinos físicos e também com bola através de um conhecido do torcedor gremista: o ex-jogador do Imortal e criador de um programa de treinos específico para atletas, Marcelo Labarthe.

RELEMBRE O CASO

Tudo teria ocorrido no hotel em que a equipe estava concentrada na cidade de Ribeirão Preto, cidade próxima a Mirassol onde o tricolor jogou diante dos donos da casa e acabou eliminado da Copa do Brasil por conta da derrota por 3 a 2.

Acompanhado dentro da concentração, Churín teria tido relações sexuais com uma mulher que resolveu "expor" a situação nas redes sociais de forma irônica quando, apontando para conteúdo que passava na televisão sobre o revés gremista, escreveu a seguinte mensagem:

- Ruim de bola e ruim de cama.

Com a viralização do conteúdo, o avante paraguaio que é companheiro da argentina Tamara Sosa teria tentado sair do quarto, mas, além das dicas dadas pela acusadora sobre o fato de ser um atleta estrangeiro do Grêmio, uma foto chegou a captar uma das pernas do atleta no movimento de deixar o local.

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários