Braz afirma que Flamengo oferece suporte psicológico ao elenco: 'Há uma falácia que tenho problema com profissional A ou B'
Matheus Dantas
Braz afirma que Flamengo oferece suporte psicológico ao elenco: 'Há uma falácia que tenho problema com profissional A ou B'


Esta quinta-feira foi marcada pela apresentação de Pablo no Ninho do Urubu e, posteriormente, pelas palavras de Marcos Braz em resposta às perguntas de jornalistas presentes no CT do Flamengo , pela primeira vez de forma presencial após a pandemia. Um assunto abordado se deu a respeito do suporte psicológico oferecido pelo clube aos jogadores do elenco profissional.



Além de comentar sobre buscas no mercado , o vice-presidente de futebol do Fla, assim como Bruno Spindel, diretor executivo da pasta, falou sobre o fato de o clube não contar com um psicólogo do esporte para o elenco profissional desde 2019. E realçou que o assunto é debatido de "maneira covarde".

- Quando precisa contratar roupeiro, jogador, vem a demanda, na hora que vem a demanda, (o profissional) é contratado. Há uma falácia que eu tenho problema com profissional A ou B, pelo amor de Deus, até por inteligência, eu não poderia ter restrição a isso. Existe um departamento aqui, tem psicológico no sub-20, sub-18, tem tudo ali embaixo (CT). Essa pergunta é muito boa, ela é tão ampla que temos que manter o foco para não se perder - falou, antes de uma pausa e prosseguir:

- O jogador A ou B que está com 17, 18, 19, 20 anos e precisa de um psicólogo quando vai para o profissional... Qual é o mais indicado: um que sempre o atendeu ou um novo? O psicólogo é um profissional em que você precisa de confiança para expor várias situações. De uma maneira covarde, acham que isso não procede, não tem. Nós temos isso na base. Até o sub-20, vários jogadores, que estão treinando nos profissionais, se quiserem e se sentirem à vontade, têm à disposição (um profissional de psicologia). Mas às vezes o atleta não quer ou acha que não precisa.

SPINDEL CITA A IMPORTÂNCIA DO TÉCNICO

Bruno Spindel assumiu o controle da fala logo em seguida. O diretor sublinhou a importância de um técnico transdisciplinar no futebol moderno:

- A profissão de treinador, hoje em dia, tem uma necessidade, e o Mister tem essa formação e capacidade, por todos os anos que viveu no futebol, se eu não me engano, antes de começar a carreira de treinador, acho que ficou seis anos de formação. Hoje, o treinador precisa de uma formação transdisciplinar, tem que entender fisiologia, de parte tática, nutrição, parte médica, parte mental... Muito passa pelo treinador, que é quem mais tem relação direta com os atletas. O treinador tem a preocupação, junto ao estafe, com a parte mental dos atletas. Eles estão o tempo todo preocupados com a questão psicológica do jogo, que é fundamental para chegarmos aos resultados, e isso sempre foi cuidado com cuidado ao longo dos anos que o Flamengo conquistou títulos.

MICHAEL É CITADO POR BRAZ

Por fim, Braz lembrou o período em que Michael externou ter passado por uma depressão enquanto estava em sua primeira temporada pelo Fla. E destacou que o Rubro-Negro contratou um profissional capacitado para cuidar do atacante, hoje no Al Hilal, da Arábia Saudita.

- Quando se tem a necessidade, o Flamengo sempre está junto, a gente sempre ajuda. Vou falar um jogador que se expôs em entrevista, porque eu não posso falar de quem não faz isso. Vou falar do Michael. Quando o Michael precisou de um psiquiatra, um acompanhamento, de uma maneira rápida o Flamengo se posicionou, ajudou, contratou e fez de tudo pelo jogador. Existem jogadores que também precisam, e o Flamengo ajudou, mas infelizmente não podemos e não devemos expor o jogador que está precisando, está se separando da esposa. Eu vou falar isso? Não posso, temos que ficar calados, apanhar calados, mas proteger o jogador.

> Veja a tabela do Cariocão

No primeiro trimestre de 2019, o Flamengo afastou o psicólogo Alberto Figueiras do departamento de futebol. Posteriormente, o lado psicológico da equipe chegou a ser trabalhado por Evandro Motta, mental coach da comissão técnica permanente de Jorge Jesus, mas ele saiu junto ao Mister em 2020.

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários