Augusto tenta primeira oportunidade no Santos em reta final do contrato
LANCE!/DIARIO DO PEIXE
Augusto tenta primeira oportunidade no Santos em reta final do contrato


O meia Augusto ainda sonha em brilhar com a camisa do Santos. O jogador não foi inscrito no Campeonato Paulista e espera ter uma oportunidade com Fabián Bustos no começo do Brasileirão, que tem início marcado para o final de semana de 9 e 10 de abril.

Emprestado pelo Real Madrid, o contrato do jogador com o Peixe vai até até junho de 2022. Ou seja, o meia tem cerca de dois meses para mostrar serviço ao treinador. O grande problema é que ele não teve oportunidades no futebol profissional desde a sua chegada ao clube.

O Santos optou no ano passado por “descer” o jogador ao Sub-23 para ganhar mais minutagem antes de ser aproveitado no profissional. Augusto foi inscrito na Copa Paulista, atuou em algumas partidas e chegou a balançar as redes na competição.

Durante uma partida contra o São Bernardo, pela Copa Paulista, em outubro, o meia foi substituído e ficou fora por alguns meses. Augusto Gálvan sofreu uma lesão séria no adutor e não atuou no restante da temporada. Á época, ele contou sobre o período de lesão ao LANCE!/DIÁRIO.

- Foi complicado, foi uma lesão considerada grave e me assustou um pouco, mas esta temporada com certeza será diferente, sem lesões e com bastante vitórias do Santos - disse o meia.

Carreira

O atleta deixou o São Paulo em 2017 após venda ao clube merengue. A saída do jogador do clube do Morumbi teve roteiro parecido com a de Kaio Jorge do Santos.

Como o contrato estava próximo de acabar, o Tricolor Paulista se viu “obrigado” a negociar o jogador para conseguir lucrar. Enquanto esteve no São Paulo, Augusto chegou a ser convocado para as seleções de base do Brasil.

O Real Madrid pagou 1 milhão de euros (R$ 6,1 milhões) como compensação ao São Paulo. O contrato ainda previa 2 milhões de Euros em caso de bônus por metas atingidas, assim como o de Kaio Jorge. No caso de Augusto, ele não chegou a ser integrado ao time profissional do Real Madrid.

No São Paulo, o jogador fez parte de uma geração super campeã. Ao todo a geração de 1999 foi tricampeã paulista na base de forma consecutiva, vencendo o sub-15 em 2014 e o sub-17 em 2015 e 2016, a Copa do Brasil Votorantim sub-15 de 2014 e também foi campeã da Taça BH sub-17 em 2016.

Na temporada 2018/2019, o jogador entrou em campo em 19 jogos (4 como titular) pelo Real Madrid Castilla (como o Santos B). Já em 2019/2020, foram 6 jogos, sendo 15 no banco e 53 minutos na terceira divisão pelo Cultural Leonesa. Na última temporada, 15 jogos, sendo 9 como titular e 2 gols no Las Rozas (terceira divisão espanhola).

Embora os poucos jogos como titular, o Augusto Galván conseguiu um grande feito pelo Cultural Leonesa. O jogador esteve em campo na classificação histórica do time espanhol contra o todo poderoso Atlético de Madrid, de Simeone, por 2 a 1, na Copa do Rei.

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários