Sérgio Santos Rodrigues defende alterações na SAF e que a proposta de Ronaldo é boa para o Cruzeiro
Valinor Conteúdo
Sérgio Santos Rodrigues defende alterações na SAF e que a proposta de Ronaldo é boa para o Cruzeiro


A “pressão” feita por Ronaldo, gestor da SAF do Cruzeiro para que seja incluídos os dois centro de treinamentos do clube (Tocas da Raposa I e II) como parte integrante da SAF, tem gerado muitas discursões na Raposa. Conselheiros estão divididos e foi a vez do presidente da associação, Sérgio Santos Rodrigues, se manifestar.
Ele teve um um áudio vazado em que defende a proposta de alteração no contrato de compra de 90% das ações da SAF proposto por Ronaldo. Assim, ele fez um comunicado oficial nesta quarta-feira, 16 de março, sobre o assunto, reforçando o apoio ao que o Fenômeno quer fazer para confirmar a compra da SAF celeste.

Ronaldo disse em live no seu canal no Twitch que sem as alterações sugeridas, ficaria difícil dar continuidade ao projeto" do clube empresa no Cruzeiro.

-Enxergamos essa nova possibilidade trazida pelo Ronaldo para SAF com ótima perspectiva. É público que o Cruzeiro tem dívidas relevantes para pagar. Ter a oportunidade de garantia desse pagamento pela SAF faz sentido. Primeiro, porque temos a certeza de que nossas Tocas ficarão dentro de casa, sem correr o risco de perdermos para qualquer outra atividade fim. Segundo que a Associação é sócia da SAF e, assim, não estamos negociando com adversários ou estranhos, mas com nossos sócios. Ronaldo, inclusive, nasceu aqui e já demonstrou mais de uma vez que sua relação com o clube definitivamente não é apenas financeira. Nesse negócio todos querem o bem do Cruzeiro, não tenho a menor dúvida sobre isso. Por isso vamos começar a falar com cada conselheiro e torcedor para explicar os benefícios desse ajuste proposto. Não é para o bem de um ou outro. É para o bem do Cruzeiro!-disse Sérgio Santos Rodrigues no comunicado.

O contrato assinado no fim do ano passado, em 18 de dezembro de 2021, por Ronaldo e seu staff era de intenção de compra de 90% das ações da SAF. O acordo previa que a equipe do ex-jogador teria um prazo de 120 dias para o processo de transição e avaliação da situação do Cruzeiro. Esse prazo vence no dia 18 de abril.

O pedido de mudança no contrato sa SAF, para ter as duas Tocas da Raposa no clube-empresa, vem para evitar que sejam utilizadas como garantidas de pagamentos de dívidas tributárias, que, segundo Ronaldo superam os R$ 200 milhões.

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários