Ronaldo tem reunião com conselheiros do Cruzeiro e quer revisar acordo da SAF do clube
Valinor Conteúdo
Ronaldo tem reunião com conselheiros do Cruzeiro e quer revisar acordo da SAF do clube


O acordo entre Cruzeiro e Ronaldo, que assumiu o controle da SAF (Sociedade Anônima do Futebol) do clube pode ter mudanças. Ronaldo assinou um acordo para ser dono de 90% das ações da (SAF) do Cruzeiro dentro de 120 dias e investir R$ 400 milhões. Todavia, o Fenômeno quer ajustes no contrato de compra do clube, acertado em dezembro do ano passado.

Segundo a Rádio Itatiaia, e confirmado pelo L!, o ex-jogador quer incluir as Tocas da Raposa I e II na SAF, pois assim teria garantias do invetimento feito no Cruzeiro e ainda pagar passivos tributários.


Ronaldo esteve com membros da mesa do Conselho Deliberativo do Cruzeiro e os conselheiros não gostaram da ideia de inclusão dos Centros de Treinamentos.

Ronaldo faz o pedido a pouco mais de 30 dias para que ele confirme, ou não, a compra da SAF cruzeirense. Outra coisa que o gestor quer é com a associação, presidida por Sérgio Santos Rodrigues, o passivo tributário, que a Raposa deve em impostos.


Mesmo com as conversas com membros do conselho, Ronaldo precisará de que os conselheiros aprovem as mudanças da SAF, criada em agosto de 2021 e consolidada no fim do ano, até o anúncio da compra pelo Fenômeno.

A mudança proposta por Ronaldo se difere do que foi feito em agosto de 2021, quando os conselheiros aprovaram a criação da SAF com a Sociedade Anônima ficando apenas com a parte da gestão do futebol, com as Tocas da Raposa I e II e os clubes de lazer ficando com a associação. O Conselho do Cruzeiro deve se reunir em breve para definir o destino da SAF e se Ronaldo confirmará a compra do Cruzeiro de fato.

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários