Perto do Corinthians, Júnior Moraes pede ajuda ao povo da Ucrânia: 'Não podemos somente olhar'
Rafael Marson
Perto do Corinthians, Júnior Moraes pede ajuda ao povo da Ucrânia: 'Não podemos somente olhar'


O atacante brasileiro, naturalizado ucraniano, Júnior Moraes , que está muito próximo de ser anunciado como reforço do Corinthians , usou suas redes sociais para pedir ajuda às famílias ucranianas que estão sofrendo com a guerra envolvendo a Rússia.

> GALERIA - Veja o retrospecto do Timão no Paulistão desde o novo formato

- Estamos com o coração partido e horrorizados com a tragédia que está acontecendo na Ucrânia. São milhões de famílias, entre elas mulheres, crianças e idosos, que nesse exato momento estão sob o ataque de bombas, fugindo sem rumo. Estão todos desabrigados, com frio, sede, fome e com medo. Forçados a abandonar tudo que construíram para salvar a própria vida, tornando-se assim refugiados do dia para a noite - afirmou.

Antes de conseguir fugir da Ucrânia , o atacante de 34 anos que teve marcante passagem pelo Shakhtar Donetsk doou 1,67 milhão de grívnias (cerca de R$ 290 mil) para o governo do país . Já em solo brasileiro, ele pediu para que os outros contribuam com o que for possível.

- Não podemos somente olhar para isso, temos que agir. Estou fazendo doações e gostaria que você se unisse a mim e minha família para socorrer e dar suporte aos que estão sofrendo. Vamos doar para a Shift360, ajudando essas crianças inocentes e suas famílias. Por favor, façam doações. Doe o quanto você puder, hoje mesmo - concluiu.

Como tem cidadania ucraniana, o atleta corria risco de ser chamado para defender o país contra os militares russos. A Ucrânia está dificultando saída dos homens de 18 a 60 anos do país.

> TABELA - Falta pouco! Simule os últimos jogos do Corinthians no Paulistão

Júnior Moraes está em solo brasileiro, onde possui negociações avançadas com o Timão. Apenas detalhes burocráticos separam o atacante de 34 anos do alvinegro paulista, que irá oferecer dois anos de contrato ao jogador . O pai do atleta, Aluísio Guerreiro, afirmou que o filho está muito próximo de fechar acordo com o Corinthians.

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários