Corinthians recebe positiva do Shakhtar e fica perto de ter Maycon até dezembro
Fábio Lázaro
Corinthians recebe positiva do Shakhtar e fica perto de ter Maycon até dezembro


O Corinthians avançou na busca pelo volante Maycon, que está no Brasil refugiado da Ucrânia por conta da guerra com a Rússia. Os ucranianos do Shakhtar Donestk, que detém os direitos do meia, acenaram positivamente por um empréstimo do jogador ao Timão até o fim desta temporada, o que é de interesse da diretoria corintiana.


> TABELA - Confira e simule os jogos do Corinthians no Paulistão
> GALERIA - Veja todas as campanhas do Timão no atual formato do Paulista


A Fifa abriu um precedente para que os jogadores que atuam nos países envolvidos no conflito do leste europeu suspendam os seus contratos até o dia 30 de junho e acertem com qualquer outro clube ao redor do mundo até a abertura da próxima janelas de transferências, no dia 1º de julho. Nesses moldes, o Corinthians não tinha interesse, mas a possibilidade de contar com o atleta até o fim da temporada animou o clube alvinegro.

A informação do avanço nas tratativas foi divulgada inicialmente pelo ex-jogador corintiano e hoje apresentador Neto, no programa "Os Donos da Bola", da Band, e confirmada pelo LANCE!.

Maycon tem contrato com o Shakhtar até dezembro de 2025, mas o time ucraniano não dificultará a liberação por empréstimo do atleta, pois o Timão sinalizou condições para arcar com os salários do jogador de maneira integral até o fim do ano.

O estafe do meia também se agradou com o que escutou por parte dos representantes do Corinthians, e o negócio avançou bastante nesta segunda-feira (14).

Inicialmente, existia uma reticência dos agentes do jogador em fazê-lo retornar ao futebol brasileiro, com prioridade a acertos com clubes de outros locais da Europa durante o conflito entre Rússia e Ucrânia, mas as tratativas com o Timão animaram todas as partes.

Identificado com o Corinthians, Maycon tem o desejo de voltar a vestir a camisa alvinegra.

Com uma breve passagem pelo sub-11 da Portuguesa, o meia chegou ao Timão com 15 anos de idade, tendo se profissionalizado em 2016. Após um rápido empréstimo a Ponte Preta, no mesmo ano, retornou ao clube do Parque São Jorge em 2017, onde se destacou nas campanhas vitoriosas no Paulistão e Campeonato Brasileiro. Foi também campeão estadual em 2018 e deixou a equipe de São Paulo no fim daquela temporada, negociado com o Shakhtar por 6,6 milhões de euros (R$ 28,6 mi na cotação da época).

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários