Após grande atuação em sua estreia na LFA, José Delano projeta disputar o cinturão peso-pena da organização
Lance!
Após grande atuação em sua estreia na LFA, José Delano projeta disputar o cinturão peso-pena da organização


Atual campeão peso-pena do Shooto Brasil, José Mauro Delano assinou contrato de três lutas com a organização americana Legacy Fighting Alliance (LFA), que vem servindo de porta de entrada para o UFC. Sua estreia aconteceu na última sexta-feira (11), quando a LFA desembarcou na Barra da Tijuca, no Rio de Janeiro. Inicialmente escalado para enfrentar Gabriel Braga, o atleta da Brazilian Top Team acabou sendo puxado para a luta principal faltando apenas uma semana para o evento. Delano, que entrou como azarão para enfrentar Jonas Bilharinho em uma luta de cinco rounds, teve uma grande performance e saiu vitorioso por decisão unânime dos juízes. O pernambucano falou sobre a mudança de adversário e de estratégia para vencer a luta principal da LFA 126.

“Gostei bastante da minha performance! Saiu tudo como planejado. A estratégia era bem diferente da traçada para meu adversário anterior. O jogo do Gabriel Braga é totalmente diferente do jogo do Bilharinho. Ambos são perigosos nos seus estilos de lutar, mas contra o Braga eu teria que me preocupar em bater e sair o tempo inteiro. Já o Bilharinho é um cara que se movimenta muito e gosta da longa distância. Então eu encurtei e pressionei o tempo todo para ele não ter espaço para se movimentar”, explicou Delano.

A luta principal valeria o cinturão da categoria peso-pena. No entanto, pela primeira vez na carreira, Delano não conseguiu bater o peso e com isso perdeu a oportunidade de conquistar o título da LFA.

“No dia fiquei envergonhado de não ter cumprido o meu trabalho. Tentei de tudo para bater o peso, mas não consegui. O meu medo era a decepção dos organizadores em ter me dado uma oportunidade dentro da LFA e eu não ter atingido as expectativas deles. Mas depois eles reconheceram todo o meu esforço para tentar tirar o peso até o último segundo, inclusive num ato de desespero raspei a cabeça, a barba e o corpo todo (risos), porém não foi o suficiente para bater o peso. Mas eles tiveram muita empatia, então eu voltei a me sentir à vontade e decidi que iria cumprir minha missão e superar as expectativas deles dentro do octógono”.

Delano possui um cartel com dez vitórias e apenas duas derrotas. Ele vem de nove triunfos seguidos no MMA. O atleta da BTT sabe que o fato de não ter batido o peso pode ter atrasado os seus planos de ser contratado pelo UFC, mas ele garante que não tem pressa de chegar ao maior evento de MMA do mundo.

“Eu tive problemas, pela primeira vez, para bater o peso e eu sei que isso pode adiar a minha ida para o UFC. Mas eu não estou com nenhuma pressa para isso. Tenho mais duas lutas no contrato dentro da LFA e estou bem feliz com a minha situação atual. Se o UFC ou o Bellator me chamarem, será uma honra lutar por uma dessas duas organizações”, disse Delano, que está na expectativa de ganhar uma nova oportunidade de disputar o cinturão em seu próximo compromisso na LFA.

“Eu confio demais no meu mestre Vitor Pimenta e no meu empresário Lucas Luktus. São eles que conversam e acertam os meus compromissos. Se me derem a oportunidade de lutar pelo cinturão novamente, ficarei muito feliz e grato, e prometo não decepcionar. Irei bater o peso e dar outro espetáculo para os fãs da LFA”, concluiu.

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários