Roman Abramovich sofre sanções na Inglaterra. Veja o impacto que medida vai causar no Chelsea
Lance!
Roman Abramovich sofre sanções na Inglaterra. Veja o impacto que medida vai causar no Chelsea


O governo britânico anunciou nesta quinta-feira sanções a sete oligarcas russos, entre eles, Roman Abramovich, dono do Chelsea, que tem conexão com Vladimir Putin, presidente da Rússia. Com isso, o clube inglês também foi impactado e vai sofrer uma série de punições.

> Chelsea teme venda de jogadores chaves e dificuldade em renovações

O Chelsea não poderá contratar ou vender jogadores, renovar contratos, não haverá vendas de ingressos - somente quem já adquiriu fica possibilitado de assistir aos jogos. Além disso, o clube foi impedido de ser vendido.

Roman Abramovich buscava a venda do Chelsea desde o início do mês após sofrer bastante pressão do parlamento britânico para seu afastamento do clube. O bilionário já havia entregado o comando dos Blues à fundação de caridade do Chelsea no início da invasão russa à Ucrânia. Segundo o russo, o lucro da venda seria destinado às vítimas da guerra.

No entanto, o governo britânico disse que o Chelsea pode seguir atuando nas competições. Os Blues ainda disputam nesta temporada a Premier League, Copa da Inglaterra e a Champions League.

> Abramovich tenta vender o Chelsea, e bilionário suíço avalia compra do clube inglês

- As sanções de hoje são o último passo no apoio inabalável do Reino Unido ao povo ucraniano. Seremos implacáveis na perseguição daqueles que permitem a morte de civis, a destruição de hospitais e a ocupação ilegal de aliados soberanos - disse Boris Johnson, primeiro-ministro do Reino Unido.

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários