Decisivo, Cano consolida artilharia no Fluminense e se apresenta como protagonista no ataque sem Fred
Ana Daróz* e Luiza Sá
Decisivo, Cano consolida artilharia no Fluminense e se apresenta como protagonista no ataque sem Fred


O Fluminense deu mais um passo rumo à fase de grupos da Libertadores. Com dois gols de Cano e um de Luiz Henrique, o Tricolor venceu o Olimpia por 3 a 1 , no Estádio Nilton Santos, pelo primeiro jogo da terceira fase da competição. Reserva nos primeiros jogos, o artilheiro da noite iniciou a trajetória na competição continental com a lesão de Fred , mas acabou reforçando seu potencial de ser protagonista. Próximo da aposentadoria do camisa 9, o argentino pode ser um sucessor à altura do ídolo.

Mesmo em pouco tempo e vindo de um rival, o Vasco, Germán Cano já conquistou a torcida. Na terceira rodada do Campeonato Carioca, ele fez o primeiro gol com a camisa tricolor e desde então não parou mais. Nos 13 jogos que participou, marcou seis gols e deu duas assistências, com uma média de um gol a cada três rodadas. Conhecido por precisar de poucos toques antes de finalizar, e por sair da área para buscar as jogadas, o centroavante contribui para um ataque mais criativo.

- A relação (com os tricolores) é muito boa. Desde que cheguei no Fluminense, recebi um carinho muito especial da torcida, até mesmo nas redes sociais. Quero agradecer porque eles fazem parte do Fluminense. Vamos continuar para fazer muitas coisas juntos e fazer a torcida feliz. Joga muito a torcida, sabemos que eles jogam também - celebrou Cano após a partida.

Não foi apenas pela evidente qualidade que o Fluminense foi buscar Cano no mercado após o fim do contrato com o Vasco. A experiência em Libertadores também conta. Não à toa, dos sete gols marcados pelo time na competição, quatro tiveram participação direta do atacante, seja com gol ou assistência. O ótimo momento é traduzido pelos cantos de "chora vascaíno o sonho acabou, o Germán Cano é tricolor" vindos das arquibancadas, mostrando o tamanho da expectativa (e já realidade) dos tricolores com o jogador.

Por outro lado, o ano não começou bem para Fred. Sem marcar há oito partidas - desde o duelo contra o Internacional na reta final do Brasileiro 2021, o camisa 9 vinha sendo alvo de críticas. Ele ainda não havia balançado a rede na atual temporada, e demonstrava certa dificuldade de acompanhar as jogadas de um time mais dinâmico, principalmente ao sair da área ou em bolas longas. Ainda que o momento não fosse bom, o ídolo estava sendo escalado por Abel Braga até sofrer a lesão , que vai deixá-lo afastado até o final do mês.

> Veja e simule a tabela do Cariocão

Leia Também

Além de ter poucas opções para a posição, uma vez que John Kennedy também está lesionado , a sucessão natural para Fred foi Cano. O artilheiro logo correspondeu à oportunidade: desde que pegou a vaga, ele só não marcou gols ou participou diretamente da vitória no duelo contra o Resende. Em cinco jogos, foram quatro gols e uma assistência.

O futuro é incerto para o Fluminense, tanto na Libertadores quanto na disputa por posições. Contudo, uma das poucas certezas é de que a fase de Cano pode fazer com que o Tricolor decole não apenas nos pontos corridos, mas também será útil nos mata-matas, em que por vezes encontrará antigos rivais. Ainda que a ausência de Fred pese, em especial pelo que o ídolo representa para a torcida, o argentino pode apontar o caminho para um novo momento em um futuro próximo.

Os tricolores terão vantagem no Paraguai e podem até perder por um gol de diferença para sair com a vaga na fase de grupos. Uma derrota por dois gols levará a disputa para os pênaltis. Vale lembrar que não há mais o gol fora de casa como critério de desempate.

O próximo encontro entre as equipes é na quarta-feira, dia 16, no Defensores Del Chaco, em Assunção, no Paraguai. A partida será novamente às 21h30 (de Brasília). Vale vaga na fase de grupos da competição continental e o Flu pode perder por até um gol de diferença. Antes disso, o Tricolor faz o último jogo da Taça Guanabara, da qual já é campeão, no sábado, contra o Boavista, às 16h.

* Estagiária sob supervisão de Luiza Sá

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários