Presidente do PSG tentou invadir vestiário de árbitros após derrota para o Real Madrid, diz TV espanhola
Lance!
Presidente do PSG tentou invadir vestiário de árbitros após derrota para o Real Madrid, diz TV espanhola


Após a vitória do Real Madrid sobre o PSG na Champions, nesta quarta, o clima esquentou nos bastidores. Nasser Al-Khelaifi. presidente do PSG, tentou invadir o vestiário da equipe de arbitragem, de acordo com a emissora Movistar Plus. O catari teria chegado gritando, gesticulando e dando golpes, buscando os juízes.

De acordo com a rádio Cope, o brasileiro Leonardo, diretor esportivo da equipe francesa, também participou da confusão e precisou ser contido junto ao dono do PSG. A polícia também foi chamada.

Os dois queriam protestar contra a atuação da arbitragem, porém o presidente se confundiu e chegou à sala do delegado de campo do Real Madrid, Mejia Dávila. Extremamente revoltado, Al Khelaifi foi contido com dificuldades. O mandatário do PSG também teria ameaçado um funcionário do clube espanhol que registrava o ocorrido. Leonardo obrigou que as imagens fossem apagadas.

+Veja como foi o empate entre Manchester City e Sporting pela Champions

- Eu vou te matar - teria gritado Khelaifi, segundo a rádio espanhola.

O lance que gerou a polêmica aconteceu no primeiro gol do Real Madrid, no qual o goleiro Donnarumma foi pressionado por Benzema, sofrendo uma possível falta. O jogo seguiu e Benzema tocou para Vinícius Jr., que devolveu para o francês marcar.

​O PSG volta a campo no domingo, pela Ligue 1, contra o Bordeaux, às 9h (de Brasília).

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários