Manager fala sobre favoritismo de Poatan no UFC Las Vegas e diz: ‘Bruno Blindado tem muito mais armas’
TATAME
Manager fala sobre favoritismo de Poatan no UFC Las Vegas e diz: ‘Bruno Blindado tem muito mais armas’


No próximo sábado, dia 12 de março, o peso-médio Bruno Blindado entra em ação para mais um desafio no octógono do Ultimate. O atleta curitibano foi escalado para enfrentar Alex Poatan em uma das principais lutas do UFC Fight Night: Santos x Ankalaev.

Embalado por três vitórias consecutivas no UFC, Bruno Blindado vem conquistado seu espaço na organização já que venceu todos os oponentes que enfrentou até então por nocaute ou nocaute técnico. Empresário do atleta e fundador da WM Sports, Bernardo Serale falou sobre o desafio e a pressão para o combate.

- Essa pressão que a gente está vivendo é muito semelhante em alguns aspectos com a pressão que vivemos quando o Bruno foi lutar contra o Alexander Shlemenko na Rússia, perto da sua cidade natal. Todos falavam que o Bruno só teria chances se colocasse a luta para baixo, e mesmo assim ele nocauteou, quebrando todas as casas de apostas. Agora estamos vivendo isso de novo, dizem que o Bruno precisa levar essa luta para o chão, mas a gente está indo para lutar MMA, então tudo pode acontecer - declarou Bernardo.

Bruno Blindado terá do outro lado do cage um atleta com grande histórico no Kickboxing, porém com um retrospecto ainda pequeno no MMA. Poatan soma cinco combates – com quatro triunfos – desde que migrou para as artes marciais mistas.

Em busca da sua quarta vitória no Ultimate, Bruno Blindado tem no cartel 22 triunfos – sendo 19 por nocaute -, 18 triunfos a mais que o rival de sábado. Ao falar sobre as apostas para o combate, Bernardo questionou o favoritismo de Alex Poatan:

- O Poatan tem uma grande história no Kickboxing, nós o respeitamos por isso, mas no MMA ele ainda não provou nada, quando foi testado de verdade, perdeu. Agora o Poatan terá a chance de provar para o mundo contra o Blindado quem realmente é dentro do MMA, vai ser testado de verdade. O Poatan é sem dúvida nenhuma um grande atleta, mas do outro lado tem um cara com uma experiência de combate infinitamente maior no MMA. Com certeza será uma luta dura, mas o Bruno Blindado tem muito mais armas para vencer - afirmou.

Bruno estreou no palco do UFC em junho de 2021, quando enfrentou Wellington Turman e, sem tomar conhecimento do compatriota, venceu por nocaute no primeiro round. Andrew Sanchez e Jordan Wright tiveram destinos parecidos com o de Turman e também sucumbiram no ano passado. Ao todo, o lutador vem de sete triunfos seguidos, todos por nocaute, além do título do M-1 Global conquistado em novembro de 2018. Por todos esses motivos, Bernardo Serale espera ver em breve Blindado no topo da divisão até 84kg.

- Como empresário temos que estar pensando lá na frente, vejo que uma vitória do Bruno Blindado pode estar roubando a estrela do Alex Poatan. Digo por tudo que o Poatan representa no Kickboxing e a expectativa em cima dele. A gente roubando essa estrela acredito que a próxima luta será no mínimo com um top 10 da categoria, sem dúvida com esse triunfo o campeão e o mundo vai começar a olhar o Blindado de outra forma - encerrou o manager.

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários