Guardiola critica Vladimir Putin por invasão russa à Ucrânia: 'Decidiu que inocentes devem ser aniquilados'
Lance!
Guardiola critica Vladimir Putin por invasão russa à Ucrânia: 'Decidiu que inocentes devem ser aniquilados'


Técnico do Manchester City , o catalão Pep Guardiola se manifestou sobre os conflitos entre Rússia e Ucrânia no Leste Europeu . E sem papas na língua, o comandante do clube britânico, em entrevista coletiva, não poupou o presidente russo Vladimir Putin de críticas.


- O drama é que um país continua sendo destruído porque uma pessoa decide que pessoas inocentes devem ser aniquiladas e o mundo está parado. O mundo fica em silêncio. Os governos de todo o mundo que teriam que tomar uma decisão ou dizer que não pode ser assim - declarou Guardiola.

+ Veja a tabela e os jogos da Champions League

O treinador do Manchester City seguiu com o discurso e fez questão de se colocar no lugar da população ucraniana, que tem sofrido com os ataques russos. No elenco da equipe inglesa, Guardiola conta com o lateral-esquerdo ucraniano Oleksandr Zinchenko.

+ Saiba os 20 jogadores mais valiosos do duelo Real Madrid x PSG na Champions League

- Se aconteceu é porque é o fracasso da política, o fracasso da economia, o fracasso de todos. Quando isso acontece a quantidade de ódio que é gerada nas gerações futuras... para consertar isso você pode precisar de um século. O povo ucraniano nunca esquecerá o que lhes foi feito. Estar em suas casas, ir à escola, comer, jantar... e que pela decisão de um homem meu país está destruído - frisou o treinador.

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários