Investimento feito e condições para sair: a situação de Pedro no Flamengo
Lance!
Investimento feito e condições para sair: a situação de Pedro no Flamengo


A resistência do Flamengo em não negociar suas principais estrelas já não é novidade. O clube já recusou ofertas pela dupla Gabigol e Bruno Henrique e, mais recentemente, por Pedro, que interessa ao Palmeiras. O centroavante, contudo, segue na mira do clube rival. Portanto, o LANCE! traz, abaixo, um panorama da atual situação do prestigiado camisa 21 no Ninho do Urubu.

Em fevereiro, o Palmeiras buscou informações e sinalizou uma oferta de mais de R$ 100 milhões por Pedro . O Flamengo, que tem contrato com o atacante até dezembro de 2025, não abriu a tratativa. A diretoria mostra convicção em não negociar o centroavante por menos da multa, que é de 100 milhões de euros para o mercado nacional (cerca de R$ 550 milhões), ainda mais tratando-se de um adversário direto nas principais competições, como é o Palmeiras.


Após atuar por empréstimo em 2020, Pedro teve os direitos econômicos comprados pelo Flamengo, junto à Fiorentina, da Itália, por R$ 112 milhões e 418 mil, desbancando o atacante Gabigol e o meio-campista Giorgian De Arrascaeta e tornando-se a contratação mais cara da história do Rubro-Negro.

Leia Também

Para o mercado internacional, a multa rescisória de Pedro é de 60 milhões de euros, aproximadamente R$ 330 milhões de acordo com a cotação atual. A janela de transferências nas principais ligas está fechada e, no momento, não existe essa possibilidade do atacante ser comprado por um clube do exterior.

Internamente, Pedro é bem avaliado pelo departamento de futebol do Ninho do Urubu, o qual, também, costuma reforçar que não há jogador inegociável.

Em 107 jogos pelo Flamengo - sendo 54 como titular -, Pedro soma 44 gols e 10 assistências. O atacante não dá qualquer sinal de insatisfação ao clube, e, com a chegada de Paulo Sousa, tem ganhado minutos ao lado de Gabi, o que esteve em pauta desde a sua contratação. Neste ano, são três gols em sete partidas.

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários