Wellington Paulista reconhece ansiedade ao jogar primeiro jogo da Libertadores: 'Partida histórica'
Valinor Conteúdo
Wellington Paulista reconhece ansiedade ao jogar primeiro jogo da Libertadores: 'Partida histórica'


O revés do América-MG diante do Guaraní-PAR, por 1 a 0, na última quarta-feira, 23 de fevereiro, pela segunda fase pré grupos da Libertadores, não estava nos planos do time americano.

O Coelho equipe "amassou" os paraguaios durante todo o jogo. Os mineiros tiveram 73% de posse de bola, muitas chances de gol, mas vacilaram no fim, aos 45 minutos do segundo, com Colman, sofreram o gol do revés.

Para o volante o atacante Wellington Paulista, houve ansiedade da equipe americana, que fez seu primeiro jogo na história da competição sul-americana.

Entretanto, o comandante do ataque do Coelho destacou a boa performance ofensiva, o que dá esperanças ao torcedor de reverter a situação.

O resultado negativo obriga o Coelho a buscar dois gols para se classificar direto, ou um gol de diferença para levar a decisão da vaga para as penalidades máximas. O duelo será na quarta-feira, 2 de março, às 19h15, no Estádio Defensores Del Chaco, em Assunção, capital do Paraguai. Confira nos vídeos que disse o WP9.

WP9 falou da ansiedade do Coelho em seu primeiro jogo de Libertadores-(Mourão Panda/América-MG)

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários