No Durival Britto, Paraná sofre derrota para o União e é rebaixado no Estadual
Futebol Latino
No Durival Britto, Paraná sofre derrota para o União e é rebaixado no Estadual


No duelo para escapar da zona de rebaixamento do Campeonato Paranaense, somente a vitória interessava a Paraná e União, na tarde deste sábado, pela 10ª rodada, no estádio Durival Britto e Silva. E quem se deu melhor foram os donos da casa. Com o time de Francisco Beltrão abrindo 2 a 0, o Tricolor até conseguiu descontar com Gabriel Correia, mas acabou levando mais um. Após o tento sofrido, viu a torcida revoltar-se e invadir o gramado, com direito aos policiais colocando ordem na situação, o duelo acabou sendo encerrado antecipadamente. Sendo assim, somado ao triunfo do Rio Branco sobre o Londrina, o time da casa acabou sendo rebaixado.

Com o resultado, o time comandado por Rafael Andrade chegou aos 7 pontos, porém mantendo-se na 11ª colocação. Já o time comandado por Rodrigo Cascca, por conta do revés, manteve-se na lanterna com apenas 4 pontos, e apenas cumprirá tabela na última rodada contra o Rio Branco.

>Aplicativo de resultados do LANCE! está disponível na versão iOS

BOM INÍCIO DO PARANÁ

Fazendo valer o fator casa, o Paraná não quis saber de ser surpreendido pelo União nos primeiros movimentos de jogo. Com isso, até meados dos 15 minutos, dominou as ações em campo conseguindo criar chances como as de Romário e André Krobel, porém em ambas a bola teimou em não balançar as redes.

Na sequência, o time da casa continuou em cima. Até os 30 minutos, em novas chegadas à área rival, lamentou as oportunidades desperdiçadas por Rayne, que acabou indo para fora, e Moisés Gaúcho, que parou na defesa do goleiro Flay.

AZULÃO SAI NA FRENTE E DIFICULTA A VIDA DO TRICOLOR

Com o tempo passando, o placar zerado deixava o confronto ainda mais tenso, pois o resultado parcial de nada adiantava para ajudar a aliviar a situação de ambos os times. Até que na reta final da etapa, aos 40 minutos, Patrick, depois de boa jogada entre Nelsinho e Barreto, fazendo com que o meio-campista mandasse para o fundo das redes, abrindo a contagem.

TIME MANDANTE ADOTA POSTURA OFENSIVA, MAS LEVA O SEGUNDO

Na volta para a segunda etapa, Rodrigo Cascca então promoveu duas alterações colocando Pablo Thomaz e Douglas Araújo, aumentando assim seu poder ofensivo.

Entretanto, mesmo criando algumas boas chances nos primeiros movimentos, viu sua situação se complicar, e muito, aos 10 minutos. Após perder a bola, o União foi pra cima no contra-ataque tocando bola, até que chegou para Sato que marcou mais um para os visitantes. 2 a 0 no Durival Britto.

PARANÁ FAZ O PRIMEIRO, COLOCA FOGO NO JOGO, MAS VÊ RIVAL AMPLIAR

Com o prejuízo no marcador, o torcedor do Paraná, de fato, não gostava nada do que estava vendo em campo. Entretanto, viu acender uma luz de esperança aos 18 minutos, quando Gabriel Correia, após pegar rebote na tentativa de Moisés Gaúcho, descontar e fazer 2 a 1.

O tento até chegou a animar a equipe, que ainda tentou aproveitar o momento. Porém, após algumas alterações, o Azulão frustrou as chances de recuperação do Tricolor. Aos 34 minutos, após cobrança de falta, o atacante Wellisson mandou na gaveta sem chances para o goleiro Murilo, que havia entrado no lugar de Lucas Wingert momentos antes, já que o titular acabou saindo depois de ser atingido na cabeça.

RETA FINAL COM DIREITO A MUITA CONFUSÃO

Praticamente com o jogo resolvido, a torcida do Paraná sabia o quanto seria difícil lutar pelo empate. Sendo assim, já nos momentos finais, alguns torcedores paranistas chegaram a invadir o gramado, com os atletas correndo para os vestiários. Tentando colocar ordem na situação, a polícia conseguiu conter os mais exaltados, além dos que estavam nas próprias arquibancadas, terminando antes da hora.

FICHA TÉCNICA
PARANÁ 1x3 UNIÃO


Data e horário: 26/02/2022, às 16h (de Brasília)
​Local: Estádio Durival Britto e Silva, em Curitiba (PR)
Árbitro: Leonardo Ferreira Lima
Assistentes: Wagner Junior Bonfim Ledo e Flávio Augusto Alves

Cartões Amarelos: Castanha, 38'/1ºT;

Gols: Patrick, 40'/1ºT (1-0); Sato, 10'/2ºT (1-1); Gabriel Correia, 18'/2T (2-1); Wellisson, 40'/2ºT (3-1)

PARANÁ: Lucas Wingert (Murilo, aos 16'/2ºT); André Krobel, Rodolfo Mol, Rayne e Juninho; Moisés Gaúcho, Vinícius Kiss (Pablo Thomaz, no intervalo) e Castanha (Gabriel Correia, aos 40'/1ºT; Kazu, 24'/2ºT); Romário, Iacovelli (Douglas Araújo, no intervalo) e Tadeu.
(Técnico: Rodrigo Cascca)

UNIÃO: Flay; Tibagi, Gustavo Chapecó, Márcio Júnior e Biro Biro; Giba, Sato, Nelsinho e Patrick (Diego Paulista, aos 30'/2ºT); Luccas Barreto e Wellisson.
(Técnico: Rafael Andrade)

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários