Faz o L! Com direito a 'Lei do ex', Fluminense vence o Vasco e segue na liderança do Campeonato Carioca
Felipe Melo
Faz o L! Com direito a 'Lei do ex', Fluminense vence o Vasco e segue na liderança do Campeonato Carioca


Em pleno sábado de carnaval, o Fluminense dominou o Vasco e venceu por 2 a 0, no Nilton Santos, pela 9ª rodada do Campeonato Carioca. Germán Cano abriu o placar e aplicou a Lei do Ex, enquanto Nonato ampliou o marcador para o Tricolor. Com o triunfo, os comandados de Abel Braga seguem isolados na liderança com 24 pontos, enquanto o Cruz-Maltino estacionou na terceira colocação com 19.



+ Confira e simule a tabela do Campeonato Carioca

FAZ O L!

O clássico começou bem disputado no meio de campo com ambas as equipes buscando o ataque. O Fluminense tentou explorar a jogada aérea, mas Anderson Conceição afastou o perigo. O Vasco, por sua vez, buscou a troca de passes por dentro, mas não conseguiu dar sequência às jogadas e foi envolvido pelo rival no início da partida.

Aos 5, a Lei do Ex deu o ar da graça no Nilton Santos, quando Germán Cano começou a jogada e recebeu na entrada da área. A defesa cruz-maltina não cortou a trama tricolor, e o argentino bateu no canto de Thiago Rodrigues para abrir o placar.

TRICOLOR ENVOLVENTE
Com mais volume e posse de bola, o Fluminense se aproveitou da lentidão da recomposição do rival e dominou o jogo nos primeiros vinte minutos. Depois de abrir o placar, Cano recebeu livre na frente e tocou para Jhon Arias ampliar o marcador. No entanto, o assistente assinalou impedimento e anulou o gol.

Pela esquerda, os mandantes fizeram uma trama envolvente, e com facilidade, Pineida entrou na área e deu dois dribles, mas ao finalizar foi travado por Ulisses. O Tricolor seguiu explorando os espaços deixados pelo lado direito da defesa vascaína. Ganso iniciou a jogada e tocou para Pineida, que achou Cano na área. O argentino finalizou no canto e mandou para fora.

GANSO INSPIRADO
Ainda no primeiro tempo, o Fluminense dominava por completo o jogo, e o Vasco não via a cor da bola. Martinelli fez ótima jogada pela esquerda e rolou para Nonato buscar o canto, mas parar na grande defesa do arqueiro cruz-maltino.

O camisa 38 construiu outra boa jogada e tocou para Cano emendar por cima e Thiago Rodrigues espalmar. Na sequência, Paulo Henrique Ganso cobrou o escanteio, na medida, e no primeiro pau Nonato deu um toque para o fundo da rede ampliando para o Tricolor. No fim, na melhor chance do Vasco, Nene cobrou falta e Marcos Felipe fez uma linda defesa e espalmou para longe de sua meta.

TENTOU DE LONGE
Na volta do intervalo, o Vasco procurou buscar jogo para tentar descontar logo no início. Em vantagem, o Fluminense diminuiu o ritmo e tentou contra-ataques para sacramentar a vitória. Na direita, Weverton chegou com perigo e arriscou de longe, mas Marcos Felipe espalmou e afastou o perigo.

PAREDÃO CRUZ-MALTINO

Em outra chegada do Gigante da Colina, a bola pingou na área adversária e Getúlio cabeceou em direção ao gol, mas Marcos Felipe defendeu. Logo em seguida, o Tricolor fez boa jogada pela esquerda, e Yago Felipe achou William de cara para o gol. Thiago Rodrigues salvou e fez grande defesa.

FICHA TÉCNICA
FLUMINENSE 2X0 VASCO

Data/Hora: 26/02/2022, às 17h
Local: Estádio Nilton Santos, Rio de Janeiro (RJ)
Árbitro: Bruno Arleu de Araújo
Assistentes: Thiago Henrique Neto Corrêa Farinha e Daniel do Espírito Santo Parro
VAR: Carlos Eduardo Nunes Braga
Público pagante: 10.661
Público presente: 10.854
Cartões Amarelos: Bruno Nazário, Matheus Barbosa e Andrey Santos (VAS)
Cartões Vermelhos

Gols: Germán Cano (5'/1T) (1-0) / Nonato (37'/1T) (2-0)

FLUMINENSE (Técnico: Abel Braga)
Marcos Felipe; Samuel Xavier, Manoel, Luccas Claro, Pineida; Wellington (Luiz Henrique 19'/2T), Martinelli (Yago Felipe 29'/2T), Nonato e Paulo Henrique Ganso (André 19'/2T); Jhon Arias (Matheus Martins 29'/2T) e Germán Cano (Willian 25'/2T)

VASCO (Técnico: Zé Ricardo)
Thiago Rodrigues, Weverton, Ulisses, Anderson Conceição e Edimar; Matheus Barbosa (Jhon Sánchez 14'/2T) e Juninho (Luiz Henrique 28'/2T); Gabriel Pec (Getúlio 28'/2T), Nene (Andrey Santos 35'/2T) e Bruno Nazário (Jhon Sánchez 14'/2T); Raniel.

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários