Waguinho Dias comemora sexta vitória seguida e liderança do Brusque no Catarinense
Futebol Latino
Waguinho Dias comemora sexta vitória seguida e liderança do Brusque no Catarinense


Em um jogo difícil na noite da última quinta-feira (24), o Brusque bateu o Próspera, em jogo atrasado da 8ª rodada do Campeonato Catarinense. Com o triunfo por 1 a 0, o técnico Waguinho Dias alcançou a sexta vitória consecutiva e não se consolidou apenas na liderança do estadual como também se garantiu nas quartas de final.

Confira o aplicativo de resultados do LANCE!

Em nove jogos feitos no torneio, são 20 pontos conquistados através de seis vitórias, dois empates e uma derrota. O quadricolor ainda conta com o melhor ataque, com 15 gols marcados.

- A gente tem falado a todo instante de como poderíamos prosseguir dentro da competição. Gradativamente eles (jogadores) vêm conquistando essa liderança que aconteceu agora, dentro de campo. Os jogadores estão seguros, não tem ansiedade. Soubemos que dentro de casa temos que fazer o nosso dever, não tínhamos que focar na liderança. E foi isso que aconteceu, vencemos um jogo difícil e a liderança veio como consequência natural - analisou Waguinho.

O duelo dessa semama foi vencido graças a um belo chute do garoto Pedoca, alçado por Waguinho Dias das categorias de base do Brusque. O gol, aos 33 minutos do segundo tempo, foi o primeiro dele como profissional.

- Nós sabíamos que seria um jogo difícil, com a marcação toda atrás. A paciência se transformou em um pouco de lentidão. Mas aceleramos, fizemos boas ultrapassagens. Até 20 minutos de partida, não teve um chute ao nosso gol. Eles não agrediram em nenhum momento e por isso não havia espaços. Eles tentariam em um erro nosso ou em bola parada. A equipe mostrou maturidade, isso são situações que vão acontecer. E conseguimos vencer com um golaço do Pedoca, que é um menino de muito potencial e que merece muito. Estou muito feliz por ele - afirmou o técnico.

O Brusque volta a campo no próximo domingo (27), às 16h (de Brasília), em Joinville, contra o time da casa. O adversário está na zona de rebaixamento e atua pela última vez em casa, já que falta duas partidas para o término da primeira fase, em mais um jogo considerado como muito difícil pelo técnico Waguinho Dias.

- Já sabemos que vai ter casa lotada. As empresas da cidade compraram todos os ingressos, então vai ser um caldeirão. Mas, vamos lá para jogar e buscar essa sétima vitória consecutiva - finalizou.

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários