Oito meses de sonho! Conheça o Tuntum, clube que já colocou seu nome na história da Copa do Brasil
Vinícius Faustini
Oito meses de sonho! Conheça o Tuntum, clube que já colocou seu nome na história da Copa do Brasil


Bastaram oito meses de existência para o Tuntum escrever seu nome no mapa da Copa do Brasil. A vitória sobre o Volta Redonda por 4 a 2, na última quarta-feira (23) , deu uma batida diferente nos corações que torceram para a equipe "caçula" do torneio. Não faltam histórias ao Leão dos Cocais, localizado na região central do Maranhão e dono de uma ascensão vertiginosa no futebol.

'REALMENTE É UM MARCO, ALGO IMPENSÁVEL!' Tuntum x Volta Redonda

Equipe derrotou o Volta Redonda por 4 a 2 (AssCom / Tuntum)

- A gente vive um sonho, a ficha não caiu ainda!

A constatação de Danilo Brito surge em meio às das lembranças que traz desde seu início de ciclo no Tuntum. O treinador, que chegou à equipe maranhense no ano passado, faz um balanço.

- Realmente é um marco, algo impensável. Há oito meses, o time sequer existia, mas o sobrenatural, coisa de Deus vem acontecendo com esse time e com a cidade - afirmou ao LANCE! .

O técnico (único até o momento na história do clube) falou sobre como foi a preparação para o duelo com o Voltaço.

- Desde quando veio o sorteio, começamos a estudar o Volta Redonda.Vimos as possibilidades, como eles jogavam em casa e fora de casa... Buscamos informações deles desde que jogavam a Série C do ano passado e também do Campeonato Carioca. Vimos as virtudes e a gente então montou nosso planejamento. Lógico que tínhamos as ideias de jogo e ajustamos com os pontos fracos do Volta Redonda - e ressaltou:

- Aconteceu da gente fazer uma belíssima partida. Não foi só um placar elástico, foi um placar com autoridade, onde nos defendemos bem, atacamos bem, tivemos equilíbrio e, com todo respeito ao Volta Redonda, foi um placar justo e merecido - finalizou.

O Leão dos Cocais tem como trunfo a manutenção de sua base da Copa FMF. Entre seus destaques estão o camisa 10, Vagalume, jogador que tem passagens pelo futebol paulista, e Andrezinho, atacante que rodou por clubes maranhenses como Santa Quitéria e Moto Club. O elenco ainda conta com o zagueiro-artilheiro Maycon e o veterano Cloves.

UM NOVO OLHAR DA CIDADE PARA O FUTEBOL Tuntum

Leão entra em campo para o duelo com o Voltaço (Divulgação / Asscom Tuntum)

Fundado em 1º de junho de 2021, o Tuntum Esporte Clube entrou na disputa da Série B do Maranhense utilizando o CNPJ do Clube Atlético Babaçu. Patrocinado pela Prefeitura de Tuntum (cidade localizada a 374 km da capital São Luís), o Leão dos Cocais começou a traçar sua rota graças a um treinador com vasta experiência no estado.

Após oito anos de trabalhos nas categorias de base (incluindo passagem pelo Moto Club), a vivência na Segundinha pesou para que Danilo Brito desembarcasse em solo tuntuense. O comandante, no entanto, teve de pavimentar passo a passo o rumo da equipe.

- Por ser uma cidade que não tinha experiência no futebol profissional, eu vim para ser praticamente um "manager". Fiquei às voltas com contratações de atletas, fazer logística de viagens... Devido à inexperiência deles, eu tive de fazer essas funções. Aceitamos, pois temos um suporte muito bom. A Prefeitura nos dá condições, como estádio para treinar, material, salário satisfatório diante da realidade do Maranhão... Pude montar minha comissão técnica, fazer a captação de atletas - valorizou.

Para o primeiro objetivo, a Série B do Maranhense, a comissão técnica foi bastante meticulosa.

- Trouxemos uma equipe com média baixa de idade, basicamente formada por atletas sub-23, mas muito competitiva. O objetivo era não só conseguirmos exito, mas termos o time formado para disputar a Copa FMF. O intervalo entre as duas competições era de 15 dias. Tudo foi bem planejado e, somado a isso, um trabalho de treinamento muito importante - disse Brito.

A equipe garantiu sua ida para a elite ao vencer o Timon nos pênaltis na semifinal. Na decisão, o Tuntum empatou no tempo normal com o tradicional Cordino. Mesmo perdendo nos pênaltis, a vaga no Estadual estava garantida.

COPA FMF: O PASSO DECISIVO PARA CHEGAR À COPA DO BRASIL Tuntum X Volta Redonda

Tuntum celebra um dos gols pela Copa do Brasil (Foto: Ascom/Tuntum)

Já garantido para a elite estadual de 2022, o Tuntum concentrou suas atenções na Copa FMF (competição organizada pela Federação para designar os representantes do estado nas disputas da Série D e na Copa do Brasil). No Grupo B, classificou-se na primeira fase ao lado do Cordino.

Depois de eliminar o IAPE nas semifinais, a equipe tuntuense encarou o Juventude Samas. O Tuntum saiu na frente, com uma vitória por 1 a 0, e garantiu o primeiro troféu de sua curta história ao empatar em 1 a 1 com a equipe de Samas.

- Recebemos recursos devido à classificação para a Copa do Brasil. Destinamos estes valores para investimentos estruturais no clube. Como o alojamento é bancado pelo nosso patrocínio máster, que é a Prefeitura, utilizamos o montante para estruturar o time, com elenco, material de apoio, ajuda humana e sempre há caixa - disse Amilson Dilacerda, diretor do departamento de marketing do Tuntum.

O técnico Danilo Brito ratificou a forma como a equipe vem progredindo.

- Vem dando muito certo, pois a diretoria abraçou a ideia e todos da cidade também - afirmou.

COPA DO BRASIL: CLASSIFICAÇÃO ANTOLÓGICA RENDE ATÉ FERIADO!

Leia Também

Prefeito de Tuntum - Fernando Pessoa

Prefeito Fernando Pessoa (à esquerda) na celebração após a vaga (Ascom / Prefeitura de Tuntum)

A comoção foi tamanha com a vaga na Copa do Brasil que afetou o dia a dia da população da cidade maranhense. Em entrevista à Rádio Timbira, o prefeito Fernando Pessoa (Solidariedade-MA) disse que, no dia seguinte à equipe ter se classificado, estava decretado feriado municipal.

Ao L! , Pessoa justificou a decisão.

- Ah, a cidade tinha ficado toda em festa com esse momento. Ninguém ia dormir depois daquela classificação. Foi impactante demais para nós - declarou.

O prefeito avaliou o quanto a classificação da equipe comprova que o investimento no Tuntum foi relevante.

- É importante para incentivar a cidade a gostar e a praticar esporte. Faltava a Tuntum ter um clube local. A Prefeitura é a única patrocinadora do clube e ele está crescendo. Foi importante este passo. Atribuo o bom trabalho à diretoria, à comissão técnica e aos jogadores - afirmou.

OUTROS DESAFIOS Tuntum x Volta Redonda

Vitória por 4 a 2 rendeu destaque para a cidade maranhense (Ascom / Tuntum)

O clube ainda vai se acostumando com a dimensão da sua guinada. De acordo com o diretor de marketing, Amilson Dilacerda, a vaga tende a ser saboreada por algum tempo.

- Nos próximos dias, deve haver festas, comemorações não só na cidade, mas em quase todo o estado no Maranhão. Tuntum representa fortemente o estado. Por mais que o Sampaio Corrêa e o Moto Club estejam na Copa do Brasil, por ser o "caçula" do estado e do Brasil e estar em um momento na mídia nacional, o Tuntum vem ganhando o apoio de todos - declarou.

Perguntado sobre o que o clube deve fazer com os R$ 750 mil destinados pela CBF devido à classificação, Dilacerda destacou que a diretoria deve se reunir para definir o investimento.

- Ainda é tudo muito novo para a gente. O clube só tem oito meses, mas o que mais queremos nesse momento é avançar na parte física do clube. Precisamos de sede social, de campos de treinamento, para não dependermos apenas do (Estádio) Rafael Seabra. À medida que avançarmos e os repasses forem feitos, faremos investimentos pontuais, importantes e emergentes até por este momento meteórico do nosso time - declarou o diretor de marketing do clube.

EUFORIA E... VEM MAIS POR AÍ! Tuntum x Volta Redonda

Jogadores se abraçam após vaga garantida na Copa do Brasil (Ascom / Tuntum)

A euforia com a classificação do Leão dos Cocais também passa pelo técnico Danilo Brito. O comandante descreveu suas sensações após o jogo com o Volta Redonda.

- Imagina uma cidade de cerca de 40 mil habitantes, com um time profissional que tem oito meses de vida, na qual estamos passando detalhes de como funciona o futebol profissional passar por essa emoção? Ainda cometemos alguns erros por inocência, por inexperiência. Digo nós porque estou envolvido, então imagine chegar numa segunda fase. É algo realmente surreal! E não cai a ficha. A cidade nos abraça, tem feriado municipal... Faltam palavras para descrever isso - afirmou.

As perspectivas se voltam inicialmente para a sequência do Campeonato Estadual. A equipe tenta se redimir após uma decepção no primeiro turno.

- A gente tinha lamentado muito a eliminação. Por um ponto, ficamos de fora da semifinal (no Grupo B, ficou atrás do São José, que enfrentará o Sampaio Corrêa neste domingo) . A vitória contra o Volta Redonda reacendeu o ânimo, o astral para o segundo turno, quando vamos estrear contra o Sampaio Corrêa. Reacendeu as forças e estamos focados - e reforçou:

- O Estadual nos permite novamente chegar a uma Copa do Brasil no ano que vem. Precisamos ser vice-campeões maranhenses para disputarmos a Copa do Brasil ou, caso contrário, lutarmos pela Copa FMF para obter essa vaga. Vivemos esta expectativa de conseguir um calendário longo em 2023 - completou.

Horas depois de se tornar "sensação", o Tuntum descobriu que seu adversário será o Cruzeiro. A Raposa goleou por 5 a 0 o Sergipe. O treinador do clube maranhense, contudo, foi bem franco ao falar sobre o confronto da próxima fase.

- Não conseguimos ainda pensar no Cruzeiro. Estamos ainda festejando, em êxtase com essa classificação. Por maior que seja a grandeza que vá ser esse jogo com o Cruzeiro, a vaga inédita contra o Volta Redonda tem mais impacto agora para nós. Depois eu me volto para o jogo com o Cruzeiro - disse.

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários