Depois do Allianz Parque, gramado sintético do CT do Palmeiras é aprovado nos testes da Fifa
Alexandre Guariglia
Depois do Allianz Parque, gramado sintético do CT do Palmeiras é aprovado nos testes da Fifa


Nesta sexta-feira, o "departamento de estrutura" do Palmeiras recebeu mais uma boa notícia, já que o gramado sintético da Academia de Futebol recebeu a certificação em avaliação da Fifa. Os mesmos testes já haviam sido realizados na última quarta-feira, no Allianz Parque , que segue aprovado para jogos.

TABELA
> Veja classificação e simulador do Paulistão-2022 clicando aqui

> Conheça o aplicativo de resultados do LANCE!

GALERIA
> Veja quanto o Palmeiras faturou em premiação com Abel Ferreira

Em entrevista ao LANCE! , Alessandro Oliveira, CEO da Soccer Grass, empresa responsável pela implementação e manutenção desses gramados, revelou que o campo sintético do CT palmeirense havia acabado de passar pelos testes e foi aprovado pelo laboratório credenciado pela Fifa para fazer a avaliação.

- Ontem foi a certificação do Allianz Parque e agora, de primeira mão, acabamos de ter o CT aprovado, os técnicos confirmaram que nós passamos nos testes - declarou Alessandro.

Segundo o executivo, a Fifa é bastante criteriosa na execução dos testes, principalmente por conta da grama ser artificial, mesmo assim o parâmetro usado é dos melhores gramados europeus e, hoje, o Allianz Parque está dentro disso e tem aguentado todas as intempéries de um país tropical.

- Um dos testes da Fifa que é bem crítico, que é o teste de planicidade, que é onde o estresse da grama poderia afetar o campo, com o peso do carro, o piso dá uma afundada. O teste de planicidade é muito crítico, eles colocam uma régua de três metros e não pode ter uma oscilação de dez milímetros, é desleal, mas tudo bem. Se você for comparar com os outros gramados naturais... Mas como é grama sintética, eles exigem isso, que o parâmetro seja igual aos das gramas naturais da Europa, esse é o parâmetro do Allianz Parque.

- Quando você faz a primeira homologação, que é logo na entrega, se faz todos esses testes, de planicidade, de quique de bola, de bola rolando, absorção de impacto, que também é muito crítico. Nós já estamos expostos à intempéries há dois anos, quantidade de chuva no país tropical, que é alta, e nosso termoplástico poderia ter tido alguma avaria, mas hoje a gente tem 100% de acerto com o sistema - completou Alessandro Oliveira.

O Allianz Parque completou dois anos recentemente com grama sintética, e passou pela sua terceira certificação no período. Para garantir a excelência nos trabalhos, o Palmeiras investiu também na implantação do mesmo sistema na Academia de Futebol. A certificação do gramado do CT, de acordo com o CEO da Soccer Grass, é a prova de que a qualidade é idêntica àquela da arena.

- O Palmeiras investiu em um sistema que tem o estádio e o espelho dele está no CT, poderia ter feito como outros clubes fazem, coloca uma grama top no estádio, mas no CT, para reduzir custo, coloca uma coisa mais econômica para treinar. Eles colocaram o que tem de melhor, e a prova que isso de fato é igual, é quando esse teste é realizado e aprovado dizendo que sim, esse sistema atende aos requisitos da Fifa. Se você quiser realizar um jogo internacional, no CT, você pode, só falta a arquibancada.

Na próxima quarta-feira, na Recopa Sul-Americana, o Allianz Parque receberá sua primeira final internacional com o gramado sintético, aos olhos da Conmebol. A partida de volta, contra o Athletico-PR, acontece às 21h30. O título ficará com quem vencer a partida. Em caso de empate, decisão nos pênaltis.

Testes Gramado Allianz Parque

Gramado do Allianz durante os testes (Foto: Divulgação)

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários