CBFv anuncia Projeto Favela Open para levar o futevôlei a comunidades do Brasil
Lance!
CBFv anuncia Projeto Favela Open para levar o futevôlei a comunidades do Brasil


A Confederação Brasileira de Futevôlei (CBFv) divulgou uma nova ação social para o ano de 2022. Com o público alvo direcionado aos jovens e adolescentes de comunidades em todo o Brasil, o projeto promove a igualdade de gênero entre os competidores e espera contar com 2 mil atletas, sendo 900 adolescentes de 14 a 17 anos e 1100 jovens com a faixa etária de 18 a 23 anos.

"Tendo como principais objetivos a prática esportiva para adolescentes e jovens que fazem parte do segmento populacional de vulnerabilidade social, a Confederação Brasileira de Futevôlei espera ser um agente transformador, utilizando o esporte como ferramenta de inclusão e superação, criando e propondo, através do esporte, o desenvolvimento e a inclusão de jovens e adolescentes", informou a entidade.

O Favela Open será dividido em 10 etapas classificatórias e uma etapa final, com local a definir pela Federação. As duas melhores equipes de cada etapa ao longo do ano ganham vaga para etapa final. O sistema de disputa será pelo critério eliminatório e cada partida terá um único set de 18 pontos. Este sistema será alterado na fase de semifinal e final, cujo nestas etapas, haverá dois sets para sabermos quem serão os vencedores das respectivas partidas.

Estima-se que o torneio contará com aproximadamente 300 comunidades ao longo do ano e todos as disputas da competição poderão ser acompanhadas diretamente no YouTube da CBFv.

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários