Ucraniano do Manchester City se pronuncia: 'Não vamos dar o nosso'
Lance!
Ucraniano do Manchester City se pronuncia: 'Não vamos dar o nosso'


Zinchenko, lateral e meia do Manchester City e da seleção ucraniana, se pronunciou após a invasão da Rússia em seu país. Em publicação nas redes sociais, o atleta afirmou que ninguém pode se apropriar do que é da Ucrânia, pois a nação pertence a população.

- Todo o mundo civilizado está preocupado com a situação no meu país. Não posso ficar para trás e esforçar-me para mostrar o meu ponto de vista. P áis em que nasci e cresci. O país cujas cores protejo na arena desportiva internacional. O país que estamos tentando glorificar de desenvolver. Um país cujas fronteiras devem permanecer intactas. O meu país pertence aos ucranianos e ninguém jamais será capaz de apropriá-lo. Nós não vamos dar o nosso. Glória à Ucrânia.

Na última quarta-feira, o atacante Yaremchuk, do Benfica, comemorou seu gol no duelo contra o Ajax, pela Champions League, com uma camisa do Brasão de Armas do exército ucraniano. Por outro lado, brasileiros que atuam no país em que acontece o conflito pedem ajuda.

ENTENDA O CASO
Desde 2014, a região de Donetsk se declarou independente da Ucrânia e por conta dos conflitos geopolíticos, o Shakhtar teve que deixar a cidade de origem e atuar em Kiev. O mesmo acontece com a região de Luhansk. Na última segunda-feira, Vladimir Putin, presidente da Rússia, reconheceu a independência das duas províncias.

Nesta quinta-feira, a Rússia decidiu invadir militarmente a Ucrânia com o argumento de que está atuando em defesa das reivindicações territoriais. No entanto, há pouco esclarecimento se a nação de Putin busca apenas garantir a soberania de Donetsk e Luhansk ou se planeja se expandir territorialmente.

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários