O que a vitória imponente contra o Botafogo diz sobre o trabalho de Paulo Sousa no Flamengo
Lazlo Dalfovo
O que a vitória imponente contra o Botafogo diz sobre o trabalho de Paulo Sousa no Flamengo


Na última quarta, o Flamengo viveu uma noite para apagar resquícios de frustração e ressaca após a Supercopa do Brasil. Havia uma lupa sobre o trabalho de Paulo Sousa por conta dos revezes nos únicos jogos contra clubes grandes, mas a imponente vitória contra o Botafogo mostrou que o trabalho está nos trilhos e que o técnico tem obtido êxito em seu estratégico rodízio.



O Flamengo foi dominante do início ao fim do jogo. Os primeiros 20 minutos, aliás, foram um massacre, com um gol marcado, uma bola na trave e um arremate defendido, à queima-roupa, por Gatito Fernández. Aliás, a eficácia é um dos pontos que Sousa apontou como algo a aprimorar nos próximos dias:

-Tivemos boa qualidade no jogo, conseguimos ir por fora quando o nosso adversário fechava por dentro. Pudemos dar verticalidade por dentro ao nosso jogo. A mobilidade dos três da frente foi extraordinária. Chegamos à área várias vezes. Temos de melhorar na eficácia como sempre. Poderíamos ter o controle do jogo já no primeiro tempo. Pecamos ainda muito pela eficácia. Vai haver jogos em que o número de oportunidades vai ser menor do que o que criamos hoje. E essa eficácia com certeza vai fazer a diferença - analisou.

Os "três da frente" são Gabi, Arrascaeta e Pedro. O primeiro foi o arco e a flecha, com uma intensa movimentação por trás do terceiro, que também deixou de ser " muito estático", como já havia alertado o treinador do Fla , e abriu espaços para o uruguaio e jogadores do meio aparecerem dentro e nos arredores da área. O Botafogo foi facilmente envolvido pelo Rubro-Negro.

Autor do gol inaugural, Pedro reflete a atual eficiência da rodagem no elenco de Paulo Sousa, que tem mantido boa parte do time inteirado com as suas ideias táticas, ritmo de jogo e competitividade elevada, já que a sensação passada é: se não se empenhar e desempenhar, vai ficar para trás. Seja quem for.

A reportagem do L! abordou o português, que havia pedido mais "fome" ao plantel após o vice na Supercopa , para saber o que ainda o desagrada quanto ao quesito tático:

- Sobretudo temos que melhorar de conduzirmos os jogos para não termos pausas, mesmo que o adversário procure essas pausas desde muito cedo. Temos de estar muito focados no jogo. Depois, dentro da facilidade que o jogo parece ter, temos que estar intensamente concentrados para que nosso jogo seja consistente. E isso mentalmente é algo que a equipe tem que entender e melhorar.

- Principalmente quando fazemos substituições com jogadores de características diferentes, principalmente os que têm característica de contra-ataque e transições ofensivas, ligando velocidade. Temos que ter a capacidade de pensar que todas as jogadas têm que ser finalizadas. Não podemos perder bolas para termos a dupla transição. Corremos demasiadamente, deixamos de ter controle e aconteceu em algum momento - completou o Mister.

Paulo Sousa - Botafogo x Flamengo

Paulo Sousa durante a sua primeira vitória em clássico pelo Flamengo (Foto: Marcelo Cortes/Flamengo)

A falta de controle em determinados momentos, por desconcentração e displicência de um ou outro jogador, poderia cobrar mais caro se o adversário estivesse num nível mais elevado. Mesmo assim, o Fla trocou 463 passes (13 a mais em relação à média do clube no Carioca), com 91.8% de precisão, e finalizou 19 vezes (47.4%), quatro a mais do que a sua média na competição - os números são do site "Footstats".

São 26 jogadores utilizados, nenhuma escalação repetida por Paulo Sousa, em sete jogos, e um rendimento coletivo que tem se mostrado em evolução. O triunfo de ontem refletiu a promissora simbiose entre estratégia e resultado.

O PRÓXIMO JOGO

> Veja e simule a tabela do Cariocão

Depois da vitória no clássico, o Flamengo já vira a chave para pegar o Resende no próximo domingo, às 16h, novamente no Estádio Nilton Santos. A partida é válida pela nona rodada do Carioca e terá transmissão em tempo real do L! .

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários