Gabi 'entende' função contra o Botafogo e abre leque de formações para Paulo Sousa no Flamengo
João Alexandre Borges
Gabi 'entende' função contra o Botafogo e abre leque de formações para Paulo Sousa no Flamengo


A vitória do Flamengo sobre o Botafogo por 3 a 1 na última quarta-feira , pela oitava rodada do Campeonato Carioca, foi importante não só pelos três pontos, mas também pelo desempenho da equipe. Inclusive, um dos principais nomes da partida foi Gabigol, escalado em uma "nova função" dentro de campo. Dessa forma, com a atuação de destaque, o camisa 9 abriu ainda mais o leque de possibilidades para o técnico Paulo Sousa escalar o Fla na temporada.

> ATUAÇÕES: Arrascaeta, Gabi e Lázaro ditam o ritmo da vitória do Flamengo

Diante do Botafogo, o trio ofensivo do Flamengo foi formado por Arrascaeta, Gabi e Pedro. Enquanto os dois primeiros tiveram muita liberdade de movimentação parar criar jogadas, o último foi o atacante centralizado - mas que também não deixou de se movimentar.

Assim, ficou claro que, com Pedro em campo na última noite, Gabi não atuou como centroavante, função que geralmente cumpre desde que desembarcou na Gávea. O camisa 9 pôde cair pelo lado direito do campo, sair da área e criar chances promissoras de gol - vale lembrar que ele descolou, pelo menos, dois ótimos passes que poderiam ter se tornado assistências. Não por acaso, o jogo do atacante foi um dos temas da entrevista coletiva do técnico Paulo Sousa. Gabi e Paulo Sousa

Gabi ao lado de Paulo Sousa (Foto: Marcelo Cortes/Flamengo)

Leia Também

- Em relação a mobilidade do Gabi e do Arrascaeta, pois quando temos um jogador de profundidade, como o Pedro, aí que tem que melhorar ainda mais essa profundidade. Ou seja, tem que entender que, quando temos jogadores de mobilidade, quando temos jogadores por fora, ele, sem dúvida, é importante poder estar mais próximo da área, em quadrado com os postes, de forma a poder fazer diferença, como fez no gol - disse Paulo Sousa.

E tem que estar mais próximo para dar essa mesma profundidade, para poder criar espaços e tempos à mobilidade dos nossos jogadores que possam entrar entrelinhas. Isso aconteceu, e o Gabi entendeu isso muito bem, como o Arrascaeta, fizeram realmente um bom jogo - completou.

> Veja e simule a tabela do Cariocão

O desempenho de Gabi e a aprovação do Mister são sinais de que o Flamengo ganhou mais uma forma de jogar. Paulo Sousa pode escalar o camisa 9 tanto centralizado quanto mais aberto nas próximas partidas com a convicção de que a perfomance do Rubro-Negro será de alto nível.

Com Gabi aberto, abre-se espaço para Pedro começar entre os 11 iniciais. Com Gabi centralizado, Everton Ribeiro, Bruno Henrique, Vitinho, Marinho e Lázaro, por exemplo, aparecem como opções para preencher o lado do campo também com velocidade e qualidade.

É com esse largo leque de possibilidades que o Flamengo volta a campo no próximo domingo para enfrentar o Resende, às 16h, no estádio Nilton Santos. A partida é válida pela nona rodada do Campeonato Carioca e terá transmissão em tempo real do LANCE! .

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários