Em Live com o LANCE!, Maycon diz que não pensa na carreira neste momento: 'Só penso em sair daqui'
Lance!
Em Live com o LANCE!, Maycon diz que não pensa na carreira neste momento: 'Só penso em sair daqui'


Meia do Shakhtar Donetsk, Maycon participou de uma live com o LANCE! diretamente do porão do hotel onde está abrigado na Ucrânia durante a invasão russa desta quinta-feira. O atleta falou sobre seu futuro no esporte e como era passada a situação pelos jogadores ucranianos antes do c onflito armado desta semana .

> Confira as tabelas dos campeonatos estaduais e simule os resultados!

- Com certeza não (imaginava que a invasão ia acontecer), a gente sabe que teve um conflito em 2014 mas nós estávamos tranquilos em Kiev, a gente sabe que a situação na fronteira é muito complicada, sempre teve uma tensão muito grande, mas o que passavam sempre é que era nas fronteiras e estava muito controlada - contou o atleta.

- A gente tem muito medo na carreira, mas uma guerra é muito além do que qualquer um imagina. É uma coisa que não pode ser julgada como normal - continuou Maycon.

O meia também falou sobre a relação com os atletas ucranianos nas últimas semanas e como eles falavam da possibilidade de uma invasão russa ao país.

- Esse conflito no leste, principalmente, eles falavam que era uma situação um pouco mais complicada mas que não iam chegar a proporção que chegou hoje. Todos estavam muito confiantes que a diplomacia iria resolver essa situação, eles iam se entender - explicou o meia.

- Eles tem famílias aqui, principalmente os jogadores, e nós brasileiros comentávamos que como os ucranianos ainda estavam com as famílias aqui ainda estavam seguros, e sempre deixavam a gente tranquilos. É uma situação muito triste porque a Ucrânia e o povo deles já sofreram muito… - acrescentou.

Sobre o futuro de sua carreira, Maycon revelou que não parou para pensar nisso e está focado em sair da Ucrânia com sua família em segurança.

- Eu não parei para pensar nessas hipóteses (continuação da carreira) eu só estou pensando mesmo em uma forma de sair daqui bem, eu, minha família e meus colegas, que a gente possa sair bem. Claro que é uma situação muito complicada e estamos muito tristes com isso mas a minha cabeça só pensa em sair daqui - contou o atleta.

- Só penso em poder ir para o Brasil novamente e ver depois o que vai acontecer, como vai ficar a Ucrânia. Isso é uma coisa que depois eu penso, hoje meu maior foco é sair bem, todos em segurança, e que tudo possa ocorrer da melhor maneira possível - completou Maycon.

ENTENDA O CASO
Desde 2014, a região de Donetsk se declarou independente da Ucrânia e por conta dos conflitos geopolíticos, o Shakhtar teve que deixar a cidade de origem e atuar em Kiev. O mesmo acontece com a região de Luhansk. Na última segunda-feira, Vladimir Putin, presidente da Rússia, reconheceu a independência das duas províncias.

Nesta quinta-feira, a Rússia decidiu invadir militarmente a Ucrânia com o argumento de que está atuando em defesa das reivindicações territoriais. No entanto, há pouco esclarecimento se a nação de Putin busca apenas garantir a soberania de Donetsk e Luhansk ou se planeja se expandir territorialmente.

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários