Vinícius Popó e Gustavo Rissi acionam o Cruzeiro na Justiça
Valinor Conteúdo
Vinícius Popó e Gustavo Rissi acionam o Cruzeiro na Justiça


O Cruzeiro terá de se defender de mais dois processos trabalhistas envolvendo jogadores que passaram pelo clube. O atacante Vinícius Popó e o zagueiro Gustavo Rissi, revelados pelas categorias de base do clube, acionaram a Justiça do Trabalho. Eles cobram direitos que, somados, chegam a R$ 3 milhões, de acordo com o valor das causas. As duas causas citam a Sociedade Anônima do Futebol no processo.


Popó rescindiu o contrato com a Raposa em janeiro deste ano e cobra salários, férias, multa do FGTS, cláusula compensatória, 13º salário e outras multas, além de pagamento de honorários advocatícios. A ação trabalhista de Popó tem valor de R$ 2.197.697,91.

O contrato do atacante com o Cruzeiro iria até 2024 e não seria aproveitado na Raposa. Ele já não estava no elenco profissional, tendo passagens por Sport e Goiás, sem sucesso.

Já Gustavo Rissi que nunca atuou no profissional e tinha contrato até o fim do ano, esatva emprestado ao Austin Bold, dos Estados Unidos.

Rissi obra salários, férias, multa do FGTS, cláusula compensatória, 13º salário e outras multas, além de pagamento de honorários advocatícios. O valor da sua causa é de R$ 877.593,51.

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários