Titular? Herói na Libertadores, Fábio exalta superação do Fluminense
Lance!
Titular? Herói na Libertadores, Fábio exalta superação do Fluminense


Uma das surpresas do técnico Abel Braga na escalação do Fluminense para a estreia na Libertadores foi o goleiro Fábio. Antes reserva, o veterano recebeu a confiança e foi fundamental na vitória por 2 a 1 sobre o Millonarios , na noite de terça-feira, em Bogotá, na Colômbia. Aos 41 anos, ele defendeu uma cobrança de pênalti depois de 336 dias quando a partida ainda estava empatada e salvou o Flu no duelo de ida da segunda fase.

- Foi um momento importante. Temos que ressaltar toda a dificuldade que enfrentamos, principalmente no início, com altitude e o gramado diferente do treino. Então, a gente teve que se adaptar dentro do jogo, com estádio lotado e toda a dificuldade que Libertadores oferece. É importante a valorização do nosso grupo, pois todos que entraram contribuíram com um grande futebol e construíram oportunidades que poderiam nos ter feito sair com um resultado até melhor. Mas tudo tem o momento certo, o resultado foi importante, foi o primeiro passo e todo mundo está de parabéns pela dedicação, pela entrega, sempre honrado a camisa do Fluminense - disse, ao site oficial.



Até o momento, Fábio foi titular em quatro partidas no Fluminense de Abel Braga e diante do Millonarios sofreu um gol pela primeira vez. No total, são oito defesas, sendo três difíceis, 89% das bolas defendidas e o pênalti salvo. Os números são do "SofaScore". Além da Libertadores, o arqueiro também iniciou diante de Audax, Portuguesa e Nova Iguaçu, partidas em que o Flu entrou com um time misto.

Além de Fábio, outro jogador decisivo foi o volante Martinelli, que iniciou a jogada do gol da virada e foi importante para melhorar a dinâmica do time. E o goleiro disputa posição com outro atleta formado em Xerém, Marcos Felipe, que acabou perdendo a vaga na estreia da Libertadores.

- A preparação, com a qualidade individual de cada um, favorece o conjunto do Fluminense hoje, independentemente da idade. Os meninos que estão aí têm um potencial acima da média e uma cabeça muito boa, o que é crucial para a sequência de uma carreira de vitórias e conquistas. O Fluminense está de parabéns por esses meninos, pela qualidade que eles têm. Desde o meu primeiro treino aqui eu vi que era diferenciada a categoria de base e os meninos que já estão no profissional. Hoje eles têm a oportunidade de jogar uma competição importante, com pressão, e ainda assim resolver. Então estamos muito satisfeitos com o plantel e com os meninos - afirmou.

Agora, o Fluminense leva uma vantagem boa para o confronto de volta, mas não confortável como poderia ter sido. Vale lembrar que não há mais o gol qualificado (marcado fora de casa) como critério de desempate na Libertadores. O confronto acontece na próxima terça-feira, às 21h30 (de Brasília), em São Januário. Antes disso, porém, o Tricolor tem importante clássico com o Vasco pelo Campeonato Carioca, no sábado, às 17h.

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários