Flamengo: quase três anos depois, Marinho reencontra o Botafogo, vítima do 'mini míssil aleatório'
Lance!
Flamengo: quase três anos depois, Marinho reencontra o Botafogo, vítima do 'mini míssil aleatório'


Um dos personagens do Flamengo diante do Botafogo nesta quarta-feira, no estádio Nilton Santos, às 20h, é Marinho. Isso porque o atacante, que estará à disposição do técnico Paulo Sousa , marcou um dos gols mais marcantes da carreira justamente contra o Alvinegro Carioca: o "mini míssil aleatório".

> Pênaltis perdidos na Supercopa fazem Flamengo perder valor milionário

O nome, vale lembrar, foi dado pelo próprio jogador. No dia 27 de janeiro, o Peixe venceu o Botafogo por 1 a 0, com gol de Marinho, também no Nilton Santos. Aos 29 minutos da etapa final, o jogador, de fora da área, cortou para a perna esquerda, abriu espaço e finalizou no ângulo de Gatito.

- Ali foi um mini míssil aleatório, esse é diferente (risos). Mas é isso aí, a equipe está de parabéns. Feliz pelo gol, pela ansiedade também que eu falei que estava um pouco. Mas estava com a cabeça tranquila e sabia que, na hora certa, iria sair - disse Marinho, à TV Globo, após aquela partida.

> Veja e simule a tabela do Cariocão

Inclusive, quando a contratação foi oficializada, o próprio Flamengo relembrou o gol e chamou Marinho de "o dono do mini míssil aleatório mais famoso do Brasil". Abaixo, veja a publicação:

Até aqui, Marinho foi o único reforço do Flamengo nesta janela de transferência para o setor ofensivo. Ele foi comprado do próprio Santos por R$ 7 milhões e já disputou cinco partidas com Manto, tendo marcado um gol.

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários