Santos conversa com Bustos e Paiva e pretende fechar treinador nesta quarta
LANCE!/DIARIO DO PEIXE
Santos conversa com Bustos e Paiva e pretende fechar treinador nesta quarta


O Santos definiu suas duas prioridade para substituir o técnico Fábio Carille no comando técnico da equipe: o português Renato Paiva, do Independiente Del Valle, e o argentino Fabián Bustos, do Barcelona de Guayaquil, ambos times equatorianos.

O Peixe fez um pente fino e descartou alguns técnicos oferecidos. Liderado por Edu Dracena, o objetivo é trazer um técnico que goste de trabalhar com a base e, principalmente, que proponha o jogo e tente o protagonismo das partidas, diferente do que vinha acontecendo com o último técnico santista.

A ideia da direção Alvinegra é fechar o acordo e anunciar o novo treinador ainda nesta quarta-feira (23). Após isso, deve dar andamento em negociações para reforçar a equipe no Campeonato Brasileiro.

Quem são os treinadores?

Renata Paiva tem 51 anos e esteve por anos na base do Benfica e no time B, até receber a proposta do Independiente Del Valle e se transferir para a equipe. Esse foi o primeiro trabalho de Paiva em uma equipe principal. Os frutos foram colhidos rapidamente: o time conquistou o Campeonato Equatoriano pela primeira vez em sua história.

Ele tem 59,2% de aproveitamento, em 45 jogos disputados, com 23 vitórias, 11 empates e 11 derrotas.

Já Fabián Bustos tem 57,7% de aproveitamento, em 90 jogos disputados. Foram 45 vitórias, 21 empates e 24 derrotas. Ele assumiu o clube em 2020 após bom trabalho no Delfín. Ele chegou a enfrentar o Peixe na Taça Libertadores de 2021 e venceu os dois jogos.

Nesta terça-feira, Bustos foi questionado em entrevista coletiva realizada nesta terça-feira sobre o interesse do Peixe. O treinador, porém, desconversou.

"Acredito que vocês já me conhecem. Minha mente está 110% na partida. Não existe coisa mais importante neste clube do que viver o momento e o dia a dia. Hoje estou pensando nisso. Depois, desde o momento em que firmamos contrato com uma empresa, obviamente que todos esses temas (interesse do Santos), não somos nós que dirigimos, são eles. Por hoje, estou pensando em como fazer para enfrentar o rival amanhã e conseguir um bom triunfo para nossa torcida", disse.

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários