Fred se isola como jogador que mais defendeu o Fluminense na Libertadores, mas se lesiona e sai
Lance!
Fred se isola como jogador que mais defendeu o Fluminense na Libertadores, mas se lesiona e sai


O atacante Fred viveu noite de extremos. Nesta terça-feira, o camisa 9 quebrou mais um recorde e, aos 38 anos, se isolou como o jogador na história que mais defendeu o Fluminense na Libertadores, com 29 jogos disputados. No entanto, ele precisou ser substituído na partida diante do Millonarios, em Bogotá, na Colômbia, ainda no primeiro tempo.

Antes, Fred dividia o posto com Thiago Neves, que cai para segundo, com 28 jogos disputados. Em terceiro está o volante Edinho, com 24. Carlinhos e Conca tem 22, enquanto Diego Cavalieri tem 21 partidas.



O centroavante deixou o campo ainda no primeiro tempo. Aos 34 minutos, Fred sentiu um problema na coxa direita depois de ser lançado nas costas da zaga. Ele saiu em velocidade para alcançar a bola, mas logo parou e deixou o campo de maca e com as mãos no rosto.

Além de se isolar ainda mais no posto, Fred também tentava na Libertadores se isolar como maior artilheiro brasileiro. Atualmente ele é o segundo, com 25 gols ao lado de Palhinha, ex-jogador Cruzeiro. Luizão é o maior, com 29.

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários