João Alicate finaliza mais um e conquista direito de disputar cinturão no Brazilian FS
Lance!
João Alicate finaliza mais um e conquista direito de disputar cinturão no Brazilian FS


O jiu-jitsu afiado de João Alicate fez mais uma vítima. Na luta principal do Brazilian Fighting Series 6, no último final de semana, em Curitiba, o peso-mosca da Gile Ribeiro pegou Rodrigo Sarafian com um arm-lock ainda no primeiro round, emendou a segunda vitória consecutiva no evento e se credenciou para disputar o cinturão da categoria.

Também merecem destaque os pesos médios Pedro Oliveira e Ewerton Hulk, que travaram uma batalha de três rounds, com Oliveira levando a melhor para a maioria dos jurados e tendo o braço levantado após decisão dividida. Já o peso pesado Richard Jacobi não deixou dúvidas de sua vitória ao nocautear Felipe Brandão com um chute na cabeça.

"Foi nosso melhor evento em relação à qualidade das lutas. Estamos ansiosos para a nossa próxima edição, a primeira no Nordeste, em Natal, no CT da Pitbull Brothers, dia 27 de março; e logo depois, em 9 de abril, novamente em Curitiba. Os nomes que se destacaram nessa edição estarão de volta", destacou Lucas Lutkus, presidente do Brazilian FS.

Confira abaixo os resultados do evento:

Brazilian Fighting Series 6
Curitiba, PR
19 de fevereiro de 2022


João Alicate finalizou Rodrigo Sarafian com um armlock aos 1:48 do R1
Marcel Adur x Rogério Garotão acabou em No Contest (dedada no olho) aos 2:22 do R2
Junior Marques nocauteou Elder Bebê Monstro aos 2:34 do R2
Shyudi Yamauchi venceu Robson Punk por desistência (lesão) aos 3:35 do R1
Pedro Oliveira venceu Ewerton Hulk por decisão dividida
Rodrigo Caiçara venceu Ilson Mazza por decisão unânime
Fernando Bonatto finalizou Lucas Maximus com um mata leão aos 1:22 do R3
Alisson Murilo venceu Thiago Costa por decisão unânime
Felipe Orfeu venceu Wellington Ratinho por decisão dividida
Jeferson Pereira nocauteou Thiago Ozório com um soco aos 1:09 do R1
Richard Jacobi nocauteou Felipe Brandão aos 3:31 do R1
Willian Cormier venceu Patrick Kelvin por desistência (lesão) aos 2:03 do R1

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários