Estrutura e filosofia: o que Durcesio e Freeland trazem de positivo ao Botafogo do CT do Crystal Palace
Sergio Santana
Estrutura e filosofia: o que Durcesio e Freeland trazem de positivo ao Botafogo do CT do Crystal Palace


Perto de uma nova realidade financeira, o Botafogo busca inspirações na Europa para melhorar. Durcesio Mello, presidente do Alvinegro, e Eduardo Freeland, dirigente das categorias de base, chegaram em Londres na última quinta-feira com o intuito de conhecer a estrutura do Crystal Palace.

+ Por projeto, Botafogo não desiste e ainda tenta final feliz por Luís Castro, técnico perto do Corinthians

Não apenas porque John Textor, que está prestes a assinar o contrato definitivo para comprar 90% da SAF do Glorioso, também possui ações nos Eagles, mas o Crystal Palace possui uma das melhores estruturas do futebol inglês. Ao lado de Liverpool, Manchester United, Arsenal e Chelsea, são os times que estão na "categoria 1" em estrutura de categorias de base na Terra da Rainha.



As instalações vêm acompanhadas de um estilo de jogo: a filosofia de todos os times inferiores do Crystal Palace é tentar pressionar o adversário e criar jogadas a partir de passes - como o próprio site dos Eagles mostra . O estilo de jogo passa por controlar a partida no terço final e oportunizar jogadas desde o campo de defesa, com a participação dos zagueiros.

É justamente isso que John Textor quer implantar no Botafogo: uma equipe que seja capaz de atuar na base de um jogo propositivo e tenha esse estilo de jogo enraizado das categorias de base até o profissional. No Crystal Palace, a coisa funcionou nos times inferiores em pouco tempo desde a chegada do norte-americano.

O Palace, vale ressaltar, é a única equipe que derrotou Arsenal e Tottenham duas vezes na Premier League sub-18 nessa temporada. Os Eagles ocupam a 4ª a temporada na Divisão Sul da competição, a três pontos do líder Leicester.

O centro de treinamentos do Crystal Palace é tão grande quanto o local que os profissionais treinam. As instalações contam 13 vestiários, três campos, um centro médico, duas academias, locais de descanso e o campo indoor, o que mais chama a atenção da estrutura. Ao todo, a obra ficou avaliada em 20 milhões de libras (R$ 139 milhões, na cotação atual).

Pela proximidade com Textor, o CT do Crystal Palace será uma espécie de "modelo-padrão" para os próximos passos do Botafogo. O Alvinegro tem o Espaço Lonier, centro de treinamentos do clube, à espera. O local tem 200 mil m² de área - até agora, apenas três campos estão prontos.

A ideia inicial do Botafogo era construir um local que também servisse como moradia para os jogadores. A tendência é que Durcesio Mello e Eduardo Freeland voltem de Londres com mais ideias para o centro de treinamento.

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários