Duilio cita folha salarial de R$ 15 milhões do Corinthians: 'Mesmo com reforços, reduzimos'
Lance!
Duilio cita folha salarial de R$ 15 milhões do Corinthians: 'Mesmo com reforços, reduzimos'


Duilio Monteiro Alves, presidente do Corinthians desde janeiro de 2021, fez uma análise do seu mandato até o momento. Ele, que fica no comando do clube até o final de 2023, foi convidado do programa Grande Círculo, do SporTV, e disse que não pretende incluir proposta de reeleição na mudança do estatuto.

– Não é simples, o torcedor vai e vota. Tem que ter o direito, mas temos que ter as regras. Um sócio precisa ter cinco anos de sócio e pagamento em dia pra ter o direito ao voto. Não cabe a mim. Sou a favor, mas temos que ver os mecanismos. O Fiel Torcedor pode ser sócio do clube? Não seria a mesma coisa? - disse o presidente corintiano.

– Tem que ser discutido para que seja uma forma boa para o clube, sem prejuízo para o Corinthians. É uma coisa nova, difícil. O associado é dono do clube, vamos dizer assim. Paga sua mensalidade há dez, vinte anos, é um direito que ele conquistou. Tem uma parte jurídica disso também. Têm várias implicações – analisou.

O assunto finanças também foi pauta da conversa com o dirigente. O Timão tem uma dívida de quase R$ 1 bilhão e, apesar de nomes importantes no elenco corintiano, Duilio afirmou que a folha salarial é menor que a de 2020.

– Com todos esses reforços, reduzimos. Tivemos mais saídas de atletas. Isso considerando o Paulinho na folha. Nós temos um patrocinador que paga 100% do Paulinho. Mas eu estou considerando o valor de folha, esse que eu falo que gasta menos que 2020, com o Paulinho junto. Eu falo em R$ 15 milhões hoje - afirmou.

– O Profut fala em investimento no futebol em até 80% do arrecadado pelo clube. O Corinthians hoje está 61%, 62%, então estamos com uma margem grande ainda. O Corinthians não está usando o que está previsto no orçamento. Ali é uma previsão do que poderíamos gastar. Mesmo estando previsto, não estamos gastando. É a realidade. A gente tirou 30, 40 jogadores de um ano para cá – completou o mandatário.

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários