Alcaraz bate Fognini e atinge, no Rio Open, sua maior final
TÊNIS NEWS
Alcaraz bate Fognini e atinge, no Rio Open, sua maior final


Carlos Alcaraz, jovem de 18 anos, número 29 do mundo, alcançou, na madrugada deste domingo, sua maior final na carreira no Rio Open, torneio ATP 500 disputado sobre de saibro com premiação de US$ 1,6 milhão, principal evento da América do Sul.

O espanhol pupilo de Juan Carlos Ferrero derrotou o italiano Fabio Fognini, 38º colocado, por 2 sets a 0 com parciais de 6/2 7/5 após 1h45min de duração na quadra Guga Kuerten, a principal do Jockey Club.
Alcaraz concluiu o longo sábado do torneio com jornada dupla e vitórias sobre italianos. Eliminou nas quartas de final Matteo Berrettini, sexto colocado e principal favorito, por 6/2 2/6 6/2, e depois passou pelo ex-top 10 e finalista de 2015.
O jovem talento espanhol disputará sua segunda final na carreira. Ele foi campeão ano passado no ATP 250 de Umag, na Croácia, e tentará o maior caneco.
No segundo jogo, Carlos dominou o primeiro set quebrando cedo e vencendo com nova quebra já diante de um desinteressado Fognini. No segundo set o italiano voltou firme, Alcaraz cometeu erros e foi quebrado com bola fora após longo game. Fabio abriu 4 a 1, teve chances de ampliar, mas Alcaraz lutou, devolveu a quebra, empatou em 4 a 4. O espanhol quebrou no 11º game e fechou a partida debaixo de chuva.
A decisão deste domingo será diante do argentino Diego Schwartzman, 14º colocado e campeão de 2018, que venceu dois jogos somando 5h35min em quadra.

Carlos venceu seu primeiro jogo de ATP justo no Rio Open em 2020 aos 16 anos e agora atinge sua maior decisão.

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários