No dia em que completaria 68 anos, Sócrates é homenageado por jogadores de Corinthians e Botafogo
Fábio Lázaro
No dia em que completaria 68 anos, Sócrates é homenageado por jogadores de Corinthians e Botafogo


Um dos maiores nomes do futebol brasileiro, o meia Sócrates, revelado pelo Botafogo de Ribeirão Preto e que é ídolo do Corinthians , foi homenageado por jogadores das duas equipes, que se enfrentaram neste sábado (19), no estádio Santa Cruz, casa botafoguense, pela oitava rodada do Campeonato Paulista .

Antes do apito inicial, os atletas titulares do Pantera e do Timão se reunirão no centro do gramado e fizeram o tradicional gesto com os punhos levantados para o alto, como Sócrates comemorava os seus gols. O movimento era uma forma de resistência utilizado até os dias atuais. Na época, o eterno camisa 8 era um dos líderes do esporte brasileiro na luta pela redemocratização, já que o Brasil vivia a Ditadora Militar (1964-1985).

A mesma ação foi realizada pelos jogadores do Corinthians no dia 4 de dezembro de 2011, data da morte de Sócrates. Na ocasião, o Timão entrou em campo pela última rodada do Campeonato Brasileiro, contra o Palmeiras, e após um empate sem gols confirmou o título nacional.

Corinthians x Palmeiras - Brasileiro 2011 - Pacaembu

Jogadores de Corinthians e Botafogo repetiram homenagem dos atletas do Timão no dia da morte de Sócrates, em 2011 (Foto: Tom Dib/Lancepress!)

A importância política do Doutor, apelido do jogador que era formado em medicina, fez com que o período em que atuasse pelo Timão fosse conhecido como Democracia Corinthiana. Ao lado dele, outros grandes atletas do clube alvinegro, como Wladimir e Casgrande também participaram.

Além da ação dos jogadores antes do início da partida, Botafogo-SP e Corintians atuaram com uniformes especiais com patchs com a gravura de Sócrates e a hashtag Eterno Doutor, que também se mostoru presente no setor inferior baixo do verso das camisas.

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários