Em jogo com homenagens a Sócrates, Corinthians e Botafogo-SP empatam pelo Paulistão
Fábio Lázaro
Em jogo com homenagens a Sócrates, Corinthians e Botafogo-SP empatam pelo Paulistão


O Corinthians não conseguiu chegar à quarta vitória consecutiva. Com um time alternativo, o Timão saiu na frente do Botafogo-SP, neste sábado (19), pela oitava rodada do Campeonato Paulista , em Ribeirão Preto, mas viu o Pantera igualar o marcador na etapa final.

Raul Gustavo marcou para o clube alvinegro, e Helinho Paraíba deixou a sua marca para a equipe do interior paulista. A partida marcou uma série de homenagens ao Doutor Sócrates, que morreu em 2011, mas que faria 68 anos neste sábado. O meia é ídolo corintiano e foi revelado pelo clube de Ribeirão Preto.

> TABELA - Confira e simule os jogos do Corinthians no Paulistão
> GALERIA - Veja todos os técnicos estrangeiros na história do Corinthians

TIMÃO COM MUITAS MUDANÇAS

O Corinthians foi a campo contra o Botafogo-SP com o time praticamente inteiro diferente em relação ao que começou o triunfo contra o São Bernardo, na última quarta-feira (16). Bruno Melo fez o primeiro jogo pelo Timão, João Pedro estreou como titular e o trio Roni, Luan e Adson debutaram na temporada.

Do 'quintento fantático' corintiano, composto por Giuliano, Paulinho, Renato Augusto, Róger Guedes e Willian, e que havia feito o primeiro jogo como titular juntos diante do Bernô, somente Guedes iniciou o duelo contra o Pantera.

No total, foram oito mudanças em relação de um jogo a outro.

JOÃO VICTOR SALVA O CORINTHIANS

A primeira grande chance no jogo foi do Botafogo, com Dudu recebendo um passe em profundidade de Bruno Michel, mas se enrolando no domínio e dando espaço para a cobertura do zagueiro João Victor.

O Corinthians até tentou a resposta no lance seguinte, com um jogada individual do Mosquito, que parou no goleiro Deivity.

NO TRAVESSÃO

Aos 35 minutos da etapa inicial, Luan, que recebeu uma oportunidade no time titular após cerca de três meses, fez o cruzamento na zona intermediária, mas a bola foi desviada por Deivity e ainda triscou o travessão botafoguense.

RAUL ABRE O PLACAR

O primeiro gol do jogo saiu aos 39 minutos, e foi fruto de bola parada. Cantillo bateu falta na intermediária esquerda de ataque no segundo pau para Róger Guedes, de primeira, escorar para a área e o zagueiro Raul Gustavo, que substituía Gil, que foi preservado da partida para fazer trabalho de controle de carga, completar para o fundo do gol, marcando o seu terceiro gol com a camisa corintiana.

RAUL SALVA O CORINTHIANS

Se não bastasse resolver na frente, Raul cumpriu com o seu trabalho de salvar atrás, quando Tiago Reis recebeu bola em ótimas condições, driblou Cássio e finalizou para o zagueiro corintiano tirar em cima da linha.

PANTERA VOLTA MELHOR

Assim como terminou o primeiro tempo, o Botafogo-SP voltou para o segundo com uma pegada ofensiva, buscando o empate. Primeiramente, em lance de bola parada, Joaquim subiu muito bem e cabeceou para fora um escanteio cobrado por Jean Victor pelo lado esquerdo.

ESTRELA DE ZAGO BRILHA

Aos 16 minutos da etapa final, o técnico Leandro Zago colocou o atacante Hélio Paraíba no lugar de Tiago Reis, e a estrela do centroavante, e do treinador, brilharam.

Primeiro, aos 19 minutos, quando Marlon cobrou escanteio e Hélio Paraíba cabeceou por cima do gol. Na sequência, aos 23, Jean Lucas cruzou pelo lado esquerdo e Paraíba subiu mais que Raul Gustavo para empatar.

ESTRELAS DO CORINTHIANS ENTRAM, MAS TIMÃO NÃO MARCA

Logo após o gol sofrido, o técnico Fernando Lázaro colocou Paulinho e Willian em campo. Aos 35 minutos, Giuliano e Renato Augusto também entraram. Mesmo assim, o Corinthians, que voltou a ter volume de jogo, não conseguiu criar grandes chances e a partida terminou empatada em 1 a 1 mesmo.

BOTAFOGO-SP 1 X 1 CORINTHIANS

Local: Santa Cruz, Ribeirão Preto (SP)
Data e hora: 19 de fevereiro de 2022, às 18h30
Árbitro: Douglas Marques das Flores
Assistentes: Fabrini Bevilaqua Costa-SP e Vladimir Nunes da Silva
Árbitro de vídeo: Vinicius Furlan
Público/renda: -
Cartões amarelos: Cássio e Roni (Corinthians)
Cartões vermelhos: não houve
Gols: 0-1 Raul Gustavo (38'/1T); 1-1 Helinho Paraíba (23'/2T)

BOTAFOGO-SP: Deivity; Marlon, Joseph, Joaquim Henrique e Jean Victor; Tárik, Fillipe Soutto (Diego Guerra, 16'/2T), Emerson e Dudu; Bruno Michel (Luketa, 40'/2T) e Tiago Reis (Helinho Paraíba, 16'/2T). Técnico: Leandro Zago

CORINTHIANS: Cássio; João Pedro, João Victor, Raul Gustavo e Bruno Melo; Cantillo (Paulinho, 25'/2T), Roni (Xavier, 17'/2T) e Luan (Willian, 25'/2T); Gustavo Mosquito (Giuliano, 35'/2T), Róger Guedes e Adson (Renato Augusto, 35'/2T). Técnico: Fernando Lázaro

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários