Neto fala sobre técnicos estrangeiros no Brasil e diz que os brasileiros pararam no tempo: 'Os caras têm estudo!'
Lance!
Neto fala sobre técnicos estrangeiros no Brasil e diz que os brasileiros pararam no tempo: 'Os caras têm estudo!'


O apresentador Neto, do 'Os Donos da Bola', abordou nesta sexta-feira a grande procurar por treinadores estrangeiros no Brasil, em especial os portugueses. Um deles, inclusive, está na mira do Corinthians . O Ex-jogador tratava do tema quando começou a explicar o motivo dos brasileiros, que já não tinham mercado no exterior, estarem perdendo espaço no Brasil.

Neto afirmou que um dos motivos do brasileiro não ter espaço no exterior é o idioma.

- O Guardiola foi pro Bayer de Munique e se apresentou em alemão. Ai pega nossos treinadores e falam: 'A gente tem que ganhar esse jogo por que é um prato de comida'. O cara lá não precisa de comida. Os caras estudaram. Os caras já tem comida, mulher. Os caras têm estudo, os caras falam inglês e francês. Essa resenha não funciona com eles. Vocês treinadores de hoje pararam no tempo. Será que vocês treinadores não sabem que tem que falar uma nova língua, um inglês fluente, um francês? - indagou.

- Nos tivemos um campeão do mundo que foi pro Chelsea, e acabaram com o Felipão... Não sabe falar inglês! (...) Quem trabalha com comunicação (tem que falar idiomas). O Tite por exemplo, não poder ir para a Itália, por que ele tem o estilo italiano... Não sabe falar italiano. Ele quer fazer isso? Ai vai o Luxemburgo para o Real Madrid e não sabe falar espanhol. O Joel Santana vai pra África do Sul e não sabe falar inglês - concluiu.

Neto falou também da perda de espaço do brasileiro no mercado nacional para estrangeiros.

- A coisa mais importante no Corinthians é a visão de que tem que contratar um treinador. Não interessa se é português ou asiático. A gente tem dois treinadores hoje no mercado que é Cuca e Renato Gaúcho, e a gente não vê perspectiva (de contratação) nos caras. Vocês fazem curso, pagam milhões e milhões e os portugueses tão nadando - afirmou.

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários