Goleiro da Portuguesa luta para curar filho de câncer raro: 'Estava no tamanho de um pêssego'
Lance!
Goleiro da Portuguesa luta para curar filho de câncer raro: 'Estava no tamanho de um pêssego'


O goleiro da Portuguesa Carlos Eduardo Lecciolle Thomazella passa por uma luta, junto da esposa Natália, para curar o filho Gustavo, de três anos, que trata um câncer raro conhecido como linfoma de Burkitt. O Atleta, que faz parte do time que lidera a A2 do Campeonato Paulista de forma invicta , compartilhou sobre a doença nas redes sociais.

- Passamos por momentos na vida muitas vezes inexplicável aos nossos olhos , porém quando olhamos com os olhos da fé dia após dia tudo faz sentido, Percebemos o real sentido da vida e passamos a valorizar aquilo que realmente importa e ver a vida de outra maneira , mais leve. Que cada sorriso nos contagie e cada abraço nos aconchegue , que possamos ter a pureza e Força das crianças em meio às dificuldades que enfrentarmos sempre sabendo que Deus está no controle de toda a situação. A glória sempre será de Deus - postou Thomazella, no Instagram.

Em entrevista ao 'ge' o goleiro falou sobre o diagnóstico do menino e do procedimento emergencial que ele passou no dia da descoberta da doença. Segundo ele, o tumor já estava do tamanho de um pêssego e o menino passou 22 dias internado.

- O meu filho estava com muita cólica e a gente foi fazer esses exames. Um mês antes, o exame não tinha acusado absolutamente nada. A gente precisou fazer cirurgia, foi detectado ali um tumor que já estava no tamanho de um pêssego. É um tumor que cresce muito rápido – explicou o goleiro.

– É um tumor que estava alojado na parte do intestino e depois com análise, com biópsia, se descobriu que era um tumor maligno e com as pesquisas e análises detectaram que era linfoma de Burkitt, que acaba pegando o sistema linfático. Tem um tratamento de seis a oito meses para que isso, em nome de Jesus, seja zerado e ele esteja curado - completou.

O goleiro afirmou que sentiu a necessidade de divulgar o caso para que outros pais possam fazer o diagnóstico precoce de doenças em seus filhos.

– Senti que tinha que postar alguma coisa para conscientizar as pessoas sobre a prevenção e os cuidados. Naquele momento quis usar o meio de comunicação para poder expandir essa mensagem, para poder deixar os pais em alerta, pois crianças não sabem dizer o que estão sentindo ou não notam alguma coisa diferente. Fui pego de surpresa no exame praticamente de rotina e a gente diagnosticou isso bem cedo - completou.

Após um dos jogos no Paulistão A2, o arqueiro deu entrevista na saída de campo, falou da boa fase da equipe que venceu seis jogos e empatou um nas sete primeiras rodadas e falou emocionado sobre o filho.

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários