Com campeões em alta, Iron Man MMA prepara a sua 23ª edição
TATAME
Com campeões em alta, Iron Man MMA prepara a sua 23ª edição


Considerado um dos principais eventos do Brasil e radicado em Belém, no Pará, o Iron Man MMA segue em crescimento e está caminhando para a sua 23ª edição, novamente com a expectativa por mais um show de lutas. Diversos nomes de destaque do MMA nacional vão marcar presença no card, que acontecerá no dia 25 de março, na capital paraense.

Atualmente, o Iron Man MMA conta com seis campeões: Paula Bittencourt (peso-galo), Nildo Katchau (peso-mosca), Erick Sabugo (peso-galo), Bruno Xinoco (peso-pena), Henrique Strike (peso-leve) e Eduardo Camelo (peso-meio-médio), todos com passagem de destaque pela companhia até agora.

Pioneiro na região Norte do país, o evento também é responsável por revelar diversas promessas do MMA brasileiro para as principais organizações do mundo, caso do UFC. Além disso, o Iron Man MMA tem na sua lista de parceiros figuras renomadas como Lyoto Machida, Maurício Shogun, Pedro Rizzo, Wanderlei Silva, Murilo Ninja, entre outros craques das artes marciais mistas.

- Nós temos nomes de peso fechados conosco. O Lyoto, por exemplo, além de dar o ‘pontapé inicial’ na nossa primeira edição, também foi árbitro do evento; o Shogun já participou de cinco edições e ainda ajuda na promoção com vídeos institucionais; e o Wanderlei Silva, nosso parceiro inseparável, que fideliza o sucesso do evento com sua presença em todas as edições - afirmou Iron Tomaz, CEO da companhia.

O dirigente destacou sua expectativa por mais um grande show no Iron Man MMA 23, em março, e fez um resumo dos seis campeões, destacando as diferentes trajetórias dentro da organização – mas todas ao topo.

- As principais companhias de MMA do mundo já estão de olho nesses atletas. A Paula Bittencourt, dona do título peso-galo, é aluna do Dedé Pederneiras na Nova União e uma das principais promessas no feminino; o Bruno Xinoco é outra promessa, natural de Breves, no interior do Pará, e um cara duríssimo; o Nildo Katchau sempre impressionou com suas performances e, no último card, aplicou um linda joelhada voadora para vencer por nocaute na melhor luta da noite - explica Tomaz, que continuou:

- Nosso campeão peso-galo, o Erick Sabugo, é um garoto prodígio, forjado pelo Cristiano Marcello na CM System e que vem se destacando cada vez mais, inclusive com um pré-contrato internacional assinado; o Henrique Strike, dono do título até 70kg, é outra aposta do evento, e apesar das dificuldades para treinar por morar longe da capital paraense, recebe todo o nosso incentivo; por fim, temos o Eduardo Camelo, campeão meio-médio e nº 1 no ranking nacional da sua categoria. Ele tem sido assediado por diversas organizações de fora, mas decidiu se manter no Brasil para mais uma defesa de cinturão.

Iron Tomaz ainda aproveitou para reconhecer o apoio das autoridades do estado: - Gostaria de agradecer o governador do Pará, Helder Barbalho, o Iran Lima (chefe da Casa Civil), Nivan Noronha e Vitor Borges - disse.

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários