Botafogo: Com parte burocrática pela compra da SAF 'presa', John Textor adia vinda ao Brasil
Sergio Santana
Botafogo: Com parte burocrática pela compra da SAF 'presa', John Textor adia vinda ao Brasil


John Textor não voltará ao Brasil agora. O norte-americano mudou de ideia e postergou a chegada ao Rio de Janeiro - a ideia inicial era chegar em terras tupiniquins nesta segunda-feira. O motivo é a parte burocrática da reta final da venda da SAF do Botafogo .

O norte-americano não virá ao Brasil até que tudo esteja resolvido. Advogados da Eagle Holdings ainda analisam os contratos finais e a data prevista de assinatura foi adiada. A tendência era Textor concretizasse a compra de 90% da SAF do Botafogo já nesta semana, quando estivesse em solos cariocas, mas a coisa vai demorar um pouco mais.


Isso, vale ressaltar, não causa risco no futuro do negócio. John Textor ainda será o dono de 90% das ações da Botafogo SAF - não à toa, já começou a tomar ações internas no clube -, mas a assinatura do contrato definitivo será postergada. O norte-americano tomou a decisão de não retornar ao Brasil até que toda essa parte esteja resolvida.

Textor atualmente está em Londres com Durcesio Mello, presidente do Botafogo, e Eduardo Freeland, que vai cuidar das categorias de base do Alvinegro. O trio vai assistir ao jogo do Crystal Palace contra o Chelsea, pela Premier League. Depois, o empresário vai para a Bélgica para se atualizar com o RWD Molenbeek, clube que detém direitos por lá.

O foco de John Textor é finalizar o acordo com o Botafogo e, só depois, voltar ao Brasil.

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários